Tag Archives: LGBTFOBIA

GGAL formaliza denúncia contra empresa realizadora do Maceió Verão
   Blog Diversidade   │     4 de janeiro de 2018   │     13:41  │  0

No início da tarde do dia de hoje, 4/1/18, o presidente do Grupo Gay de Alagoas – GGAL, Nildo Correia , fez um B.O contra a empresa responsável pela realização do evento Maceió Verão, que ocorrerá ao longo dos quatro sábados deste mês de janeiro.

Segundo Nildo Correia, Pres. do GGAL, a comissão organizadora da Parada de Maceió, e voluntários do GGAL estavam trabalhando na produção de uma barraca denominada Fruta Gogoya, que ao longo das edições do Maceió Fest, anualmente era montada.

Seguindo as orientações da Fundação Municipal de Ação Cultural da Cidade de Maceió – FMAC, o mesmo entrou em contato com  o departamento comercial da empresa Branco Promoções e Eventos, para buscar informações de como proceder para garantir um quiosque no MCZ Verão. Correia afirma que uma senhora por nome de Jucy foi quem lhe atendeu, e seria a pessoa responsável pelas negociações, a mesma buscou saber qual seria o tipo de produto que seria comercializado, para daí repassar os valores, mas que depois de ser informada que tratava-se de um espaço, onde a comunidade LGBTI e demais tribos teriam como referência, a mesma em frações de segundos enviou um outro áudio informando que infelizmente não tinha mais espaço para comercialização de produtos, e que a parceria ficaria para um próximo evento.

Já a empresa ao ser procurada pela imprensa informou que o quiosque não estaria em padrões exigidos pelo evento, mas Nildo Correia questiona. Qual seria o padrão, o que eles chamam de padrão, se não teria mais espaço para comercialização, porque a mesma buscou saber qual o serviço, e só depois  de constatar que seria um espaço voltado a população LGBT, a mesma voltou atrás.

Nildo Correia afirma que não ficará só no B.O, e que a partir de agora acionará o Ministério Público do Estado de Alagoas, através da Promotoria de Justiça Coletiva e Direitos Humanos, Ordem dos Advogados e outros, vamos mover céus e terra, e se for constatado que ouve impasse em virtude da orientação sexual, a instituição moverá uma ação contra a empresa, e exigirá danos morais e materiais, e fará com que a Lei Municipal que pune práticas discriminatórias em virtude da orientação sexual e gênero seja aplicada.

Fonte: ASCOM – GGAL

Tags:, , , ,

>Link  

Marcha LGBT de Alagoas acontece neste próximo domingo, 28 de maio
   Blog Diversidade   │     24 de maio de 2017   │     20:22  │  0

Evento ocorrerá no próximo domingo, a partir das 15 horas , na orla de Pajuçara, Maceió/AL

Vítimas do preconceito e de manifestações de violência física e moral, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais ainda lutam pelo reconhecimento de direitos sociais. Apesar das dificuldades, no entanto, o país contabilizou avanços significativos na última década, com a crescente participação da sociedade civil em fóruns de discussões e organizações não governamentais, e a execução de políticas públicas voltadas para a defesa, e maior representatividade da população LGBT.

Essas conquistas só são possíveis, graças as lutas de massas de ONGs que lutam em prol de direitos iguais. E é passando no fortalecimento desta bandeira de luta por igualdade de direitos, que a Central LGBT de Alagoas, ASTTAL, GGM e outras instituições sairão as ruas no próximo domingo, 28/05, a partir das 15: horas , para lutar contra a homolésbotransfobia.

O evento terá como ponto de concentração a Sete Coqueiros, e seguirá até a praça Multieventos, na orla de Pajuçara, e lá encerrando com apresentações culturais no palco da Multi.

Já o entretenimento musical da Marcha ficará por conta da banda Kuarto de Barão, dos Dj´s John; Jean Pierre e Marcos Salles e outros, que se revezarão entre o  trio e o palco, além de manifestações culturais com os Grupos de afoxé Ofa Omin, Afro Afoxé,  Maracatu Raízes da Tradição e o grupo teatral Tembar.

Ainda na concentração haverá intervenção de prevenção que será realizada pela militância, que no momento estarão fazendo a entrega de preservativo, gel lubrificante e material informativo. Além da intervenção haverá um ato púbico, que terá como objetivo repudiar os crimes de homolésbotransfobia por todo o país, tendo como exemplo o da travesti Dandara, que foi humilhada, torturada e espancada até a morte em Fortaleza/CE.

Mas as ações em prol da Marcha LGBT de Alagoas, realizadas no mês de maio não param por ai: 26//05, às 14 horas, no auditório Aquatume, no Palácio do Governo, ocorrerá à abertura oficial das ações da Marcha LGBT 2017, com a realização do 6º Seminário de Combate a Homofobia no Estado de Alagoas, com a presença de Eduardo Piza, advogado e Diretor do Instituto Edson Nery, Claudio Nascimento, Ex. Superintendente de Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro e e idealizador do programa Rio Sem Homofobia, além da participação de Marcelo Nascimento, fundador do movimento LGBT em Alagoas; 27/05, ás 14:hs no auditório do Urbanitarios ocorrerá o encontro do Movimento Feminista Alagoano.

 

Tags:, , , ,

>Link