Salvador realizará 9ª edição do Observatório da Discriminação Racial e LGBT
   Blog Diversidade   │     25 de fevereiro de 2014   │     18:14  │  0

O Observatório da Discriminação Racial e LGBT, Violência contra Mulher e Exploração Sexual da Criança e Adolescente é um programa realizado e coordenado pela Secretaria Municipal da Reparação (Semur) com a participação de órgãos da esfera estadual e municipal, além de 140 observadores que serão distribuídos ao longo dos circuitos.
Em sua 9ª edição, sob o tema Igualdade é Respeitar as Diferenças, o Observatório se configura como uma ação afirmativa que tem como objetivo mapear e registrar as ocorrências de discriminação racial, violência contra mulher e lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT), e este ano, a exploração sexual da criança e adolescente.
Dados estatísticos do censo 2010 apontam que a cidade de Salvador é a terceira capital brasileira em número de pessoas que se autodeclaram como negros ou negras. No ano passado, o Observatório constatou um aumento em 17% em seus dados de denúncia e observação, o que revela a necessidade de continuidade e fortalecimento deste projeto.
Pioneiro no Brasil, o projeto vem se consolidando com a missão de prevenir e combater as discriminações e desigualdades em especial, de gênero, raça e orientação/identidade sexual. A proposta é construir indicadores que sejam utilizados como subsídios para a formulação e implantação de políticas públicas, com o objetivo de prevenir a discriminação e desigualdade.
Além de identificar casos que envolvam discriminação racial, de gênero, orientação/identidade sexual e exploração sexual da criança e adolescente, os agentes de Observação podem orientar os foliões indicando os locais de recebimento de denúncia e o disque 156.
PARCEIROS: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Conselho Municipal das Comunidades Negras (CMCN), Ministério Público do Estado da Bahia, Delegacia Especial de Atendimento a Mulher, Fórum Baiano LGBT, Correio Nagô, Defensoria Pública, Grupo Gay da Bahia (GGB), Site Dois Terços, UNICEF, UNFPA, Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI), Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Secretaria de Políticas para as Mulheres, Secretaria Municipal da Saúde, Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, Superintendência de Políticas para as Mulheres, Núcleo de Religiões de Matrizes Africanas da Polícia Militar da Bahia (NAFRO/PM), Shopping Center Lapa, Shopping Center Piedade, Shopping Center Barra, Salvador Shopping, Salvador Norte Shopping, Salvador Card, Faculdade Dom Pedro II.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *