Tag Archives: Travestis e Transexuais

A importância de Nova York na história gay mundial
   Blog Diversidade   │     18 de fevereiro de 2015   │     0:00  │  0

A área gay mais popular de Nova York é o Chelsea, entre 23rd Street e 30th Street, no lado oeste de Manhattan. Aqui, você vai encontrar muitas baladas gays e outros estabelecimentos para aqueles com um gosto mais fino: bom jantar, butiques e galerias de arte incríveis.

A área gay mais popular de Nova York é o Chelsea, entre 23rd Street e 30th Street, no lado oeste de Manhattan. Lá, você vai encontrar muitas baladas gays e outros estabelecimentos para aqueles com um gosto mais fino: bom jantar, butiques e galerias de arte incríveis.

Como uma cidade com oportunidades ilimitadas, New York há muito tempo tem apelo especial para a comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). Estima-se que há meio milhão de moradores LGBT em Nova York, o que resultou em um grande número de locais e clubes desenvolvidos só para eles.

Nova York há muito tem sido considerada o lugar que deu início ao movimento pelos direitos dos homossexuais. Logo após a Segunda Guerra Mundial, muitos homens gays, lésbicas, travestis e transexuais encontraram refúgio nos bairros de Greenwich Village, no Upper West Side, e Harlem. Naquela época, não havia direitos para essas pessoas e as práticas homossexuais eram considerados puníveis por lei. As leis anti-gays (muitos estabelecimentos públicos não eram acolhedores para a comunidade LGBT e haviam leis que proibiam servir bebidas alcoólicas para gays), assim como batidas policiais de bares gays em 1969 levou a uma série de revoltas violentas contra a polícia pela comunidade LGBT: Stonewall Riots.

Stonewall Inn, onde a revolta começou, foi reaberto (53 Christopher Street). Seguindo essa revolta pelos direitos dos homossexuais, revoltas espalhadas por todo o mundo de direitos iguais para a comunidade LGBT. O mais recente sucesso para os nova-iorquinos é a recente introdução do casamento gay em junho de 2011.

A área gay mais popular de Nova York é o Chelsea, entre 23rd Street e 30th Street, no lado oeste de Manhattan. Lá você vai encontrar muitas baladas gays e outros estabelecimentos para aqueles com um gosto mais fino: bom jantar, butiques e galerias de arte incríveis. No entanto, esta não é a única parte da cidade para a vida noturna gay: em toda Nova York, há bares gays, clubes e festas.

Tags:, , , , , , , , , ,

>Link  

T-Lovers, os admiradores de Travestis, Crossdressers e Transexuais
   Blog Diversidade   │     11 de abril de 2014   │     10:22  │  15

Muitas pessoas sabem o que é gay, lesbica, bissexuais, travestis e transexuais. Mas muita gente não sabe o que são os T-Lovers, os admiradores de Travestis, Crossdressers e Transexuais.

Muita gente acha que os homens que gostam de travestis são gays. Tempos atrás este assunto veio a discussão em debate. Isso foi quando as pessoas tinham muitas dúvidas sobre a sexualidade .

Adotei essa última hipótese e me considero hetero. Sou um homem que gosta de mulher biológica, travestis, crossdressers e trans. Mas o que é o T-Lover, afinal de contas?

T-Lover é a pessoa que admira Travestis e Transexuais. Um homem que ama, sente tesão e atração por Travestis e Trans. Eu sou a prova disto, pois eu gosto muito de Travestis. Sou louco por elas e não conseguiria ser um homem completo sem exercer essa orientação.

Para mim travestis tem algo especial: uma sensualidade e um charme que me atrai (e que me deixa louco de paixão e com certeza de tesão….).

T-Lover não é simplesmente aquele homem casado que sai às escondidas para fazer programa com uma travesti. T-Lover é um cara que quer ter uma relação emocional e duradoura com uma travesti ou transexual.

Muitos se passam por T-Lover para conseguir sexo com as travestis e depois as abandona. Esse comportamento e acaba por gerar uma imagem negativa associada à palavra T-Lover.

Eu já fiquei com diversas travestis, já tive relações sexuais com elas e atualmente estou conhecendo uma crossdresser de Brasília chamada Melissa. Apesar da distância geográfica nós nos identificamos muito bem e temos planos de nos ver pessoalmente.

Sou T-Lover assumido. Gosto mesmo de Travestis e não pense que nós não sofremos preconceito. No meu antigo emprego, na qual eu pedi para sair, eu tinha meio que ocultar o meu real gosto por elas. Às vezes dava uma aliviada e soltava um comentário sobre travestis. Tinha gente que já começava a dizer “Gosto muito de mulher!” , como se a sexualidade do indivíduo estivesse em xeque!

Faz um tempo encontrei com uma travesti que mora em Cascadura (RJ), beijei-a em público, andamos abraçadinhos e algumas pessoas que passavam por nós nos olhavam com aqueles olhares estranhos e outros davam risadinhas, mas eu nem ligava e seguia firme e forte. Pena que o relacionamento não deu certo, mas temos a vida toda pela frente e muitas águas ainda vão rolar!

O que eu quis relatar aqui é um pouco sobre a vida de um T-Lover através de uma experiência pessoal. Que também é intransferível. Só vivenciando pra saber.

Tags:, , , , , , , , ,

>Link