Tag Archives: Rogéria

Morre aos 74 anos a atriz Rogéria
   Blog Diversidade   │     4 de setembro de 2017   │     23:08  │  0

A atriz Rogéria, de 74 anos, morreu na noite desta segunda-feira (4), poucas horas depois de voltar a ser internada em um hospital na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, com uma nova infecção urinária. A morte de Rogéria foi confirmada  a imprensa pelo empresário dela, Alexandro Haddad.A

Abaladoele não quis dar mais informações e afirmou que está cuidando de detalhes burocráticos no hospital.

Rogéria já havia sido internada em julho, depois de sentir fortes dores nas costas. A atriz realizou uma bateria de exames, que apontaram para uma infecção urinária. Ela foi deslocada para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e recebeu alta duas semanas depois.

Nascida no Rio de Janeiro, em 1943, Astolfo Barroso Pinto, mais conhecida como Rogéria, foi maquiadora na extinta TV Rio, participou também como jurada em vários programas de auditório nas últimas décadas, de Chacrinha a Gilberto Barros e Luciano Huck.

Na dramaturgia fez participações especiais  em “Tieta”, “Sai de Baixo”, “Desejo de Mulher”, “Duas Caras” e Babilônia”.

Tags:

>Link  

Rogéria é internada, segue para UTI, estado de saúde se agrava e atriz respira com ajuda de aparelhos
   Blog Diversidade   │     14 de julho de 2017   │     23:40  │  0

A atriz Rogéria, 74, que gosta de se definir como “a travesti da família brasileira”, continua internada em estado grave na Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeiras na zona sul do Rio de Janeiro.

O empresário e amigo da atriz, Alexandro Haddad, afirmou que Rogéria teve uma crise convulsiva durante a tarde e que ela está respirando com auxílio de aparelhos. “Ela estava super bem, cuidando da infecção, quando teve uma convulsão. Estamos rezando e tenho muita fé que ela vai sair dessa. Nem desmarquei a agenda dela.”

Para manter sua privacidade, Rogéria foi internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) por conta de uma infecção urinária na manhã da última quinta (13). Contudo, seu quadro de saúde piorou após ter uma convulsão. O empresário afirma que a atriz foi rapidamente socorrida, e a infecção está generalizada.

O empresário e a atriz moram juntos há mais de dez anos no Leme, na zona sul carioca. Haddad contou que a atriz Leandra Leal e a mãe dela, Ângela Leal, fizeram uma visita a Rogéria na tarde desta sexta. Segundo o empresário, as duas estavam arrasadas.

​Rogéria participou da divulgação do filme “Divinas Divas”, de Leandra Leal, e esteve em alguns programas de televisão recentemente, entre eles, “Encontro com Fátima Bernardes” e “Sem Censura”.

Ela também participou da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que aconteceu no dia 18 de junho, no trio elétrico batizado com o mesmo nome do documentário de Leandra.

Rogéria, nascida Astolfo Barroso Pinto, é uma atriz brasileira. Foi maquiadora na extinta TV Rio e vedete. Morou no exterior, apresentando vários shows, e em 1979 recebeu o Troféu Mambembe, pelo espetáculo que fez ao lado de Grande Otelo.

Tags:, , ,

>Link  

Filme Divinas Divas está em cartaz no Centro Cultural Arte Pajuçara em Maceió
   Blog Diversidade   │     1 de julho de 2017   │     14:37  │  0

Está em cartaz no Centro Cultural Arte Pajuçara, em Maceió, desde a última quinta-feira, 29/6, o documento musical de longa-metragem, que tem como direção, a artista e diretora Leandra Leal, o filme “Divinas Divas”.

A produção resgata a trajetória de oito artistas pioneiras: Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios, que foram os primeiros homens que se travestiram de mulher nos palcos cariocas nos anos 1960, quando o Brasil vivia sob rígida ditadura militar.

Em 2014, essas artistas completaram 50 anos de carreira, ainda em atividade como cantoras, atrizes e comediantes. Hoje já são mais  cinco décadas de dedicação radical ao fazer artístico, em que as Divas assumiram sacrifícios enormes e moldaram seu próprio corpo, num gesto libertário que rompe o limite entre a arte e a vida.

Além do filme que é um sucesso nas telas dos cinemas de todo o país, o show teatral Divinas Divas está em cartaz há mais de dez anos no Teatro Rival Petrobras em São Paulo.

Divinas Divas ficará em cartaz em Maceió, hoje (domingo), terça e quarta-feira 5/7.

 

Tags:, , , , , , , ,

>Link  

Saiu o Trailer Oficial de Divinas Divas, Assista!
   Blog Diversidade   │     31 de maio de 2017   │     0:00  │  0

Estréia do Filme Documentário, será no próximo dia 22 de Junho.

As Divinas Divas são ícones da primeira geração de Artistas Travestis no Brasil dos anos 1960. Um dos primeiros palcos que elas se apresentaram, foi o Teatro Rival, dirigido por Américo Leal, na época, avô da atual diretora do documentário, Leandra Leal.

Estréia do Filme Documentário, será no próximo dia 22 de Junho.

O filme traz para a cena a intimidade, o talento e as histórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral e o conservadorismo de uma época, iniciando a história da Travestilidade no Brasil.

Hoje o termo “Travesti”, se tornou uma identidade de gênero no país, e essa história foi iniciado por essas Divinas Divas.

Tags:, , , , ,

>Link  

Baile “Glam Gay”: Fique por dentro de tudo que rolou no evento realizado pelo carnavalesco Milton Cunha
   Blog Diversidade   │     16 de fevereiro de 2015   │     15:24  │  0

Carnavalesco Milton Cunha

Carnavalesco Milton Cunha

O artista plástico, carnavalesco e agitador cultural multimídia Milton Cunha, promoveu no ultimo dia 11 deste mês, na quadra da Escola de Samba Mangueira, a primeira edição do Baile de Carnaval Glam Gay no Rio de Janeiro. Plumas, paetês e muito strass. Foi com todo esse esplendor que os organizadores do Baile Glam Gay, fez sua primeira edição nesta ultima quarta-feira na quadra da verde e rosa.

Um concurso de fantasias abriu o baile às 21h30 e daí para a frente a animação ficou por conta da orquestra Céu na Terra, do grupo Art Jr., do DJ Edu Saad e da Bateria da Mangueira.

Milton Cunha ressalta a importância do evento, na visibilidade massiva dos artistas LGBT durante o carnaval, dai então veio a ideia de incluir na programação um concurso de fantasias de luxo, onde já a partir da entrada, os participantes já entravam desfilando em uma passarela que foi montada na entrada da quadra, para que o público apreciasse as fantasias.

O baile ainda contou com a participação de David Brazil como rei, Rogéria como rainha, Elke Maravilha como musa gay e Samile Cunha como a drag queen oficial.

A festa que teve como júri dos concursos do baile o promoter David Brazil, a apresentadora Elke Maravilha, a atriz Rogéria e a escritora Samile Cunha, votaram nas três seguintes categorias julgadas: luxo, originalidade e boneca, com desfile de biquíni, que escolheu a travesti e a transexual mais bela do baile. Os ganhadores levaram o troféu e prêmio de R$ 1 mil reais.

Cunha diz que a experiência de décadas como destaque de alegoria nas escolas de samba fez o diferencial para dois candidatos ao título de fantasia luxo masculino. Carlinhos Bragança, de 58 anos, e Silvinho Fernandes, 54, já disputaram tradicionais concursos e afirmaram que confeccionar seus próprios figurinos fez e faz toda a diferença. “Há figurinos que levam mais de três meses para ficar prontos”, contou Carlinhos. “Sempre desfilei com fantasias que fiz e foi tudo do meu próprio bolso”, destacou Serginho.

O produtor do baile Glam Gay e destaque da Mocidade, Rodrigo Leocádio, 35, gastou em um figurino, o equivalente a um carro popular. “É muito investimento, mas ver o trabalho pronto compensa”, declarou Rodrigo, que apostou que o novo baile será o evento mais bombado dos principais Carnavais do Rio. “Estamos sem baile com concurso de fantasia há três anos. Este tipo de evento se perdeu, principalmente, porque as últimas versões não tinham credibilidade”, apontou o produtor.

Sem sombra de duvidas o evento retomou o glamour dos grandes bailes de Carnaval, e entrar de vez no calendário da cidade maravilhosa.

Tags:, , , , , , , , ,

>Link