Tag Archives: LEI DE IDENTIDADE DE GÊNERO

Sou intersexual, não hermafrodita
   Blog Diversidade   │     5 de novembro de 2017   │     0:40  │  0

As pessoas que não se encaixam na atribuição tradicional do sexo pedem maior visibilidade, sem clichês ou desinformação.

Até os 18 anos, Claudia não conseguia dar nome ao que lhe acontecia. Não tinha menstruação e mantinha alguma lembrança borrada de uma cirurgia quando pequena, mas nada além disso. Até que por uma mudança na clínica, o médico pediu seu prontuário à enfermeira: “Me traga a ficha da Síndrome de Morris”, ouviu. Memorizou o nome e depois consultou-o na enciclopédia médica de sua colega de apartamento. Ali encontrou o pedaço de sua vida que faltava. “Senti alívio, porque finalmente soube o que tinha, mas o que realmente pensei foi: ninguém vai saber sobre isso”. Claudia descobriu que tinha nascido com a síndrome da insensibilidade parcial aos andrógenos, um dos tipos de intersexualidade mais comuns. Tinha as características físicas de uma mulher, mas os códigos genéticos de homem.

“Somos intersexuais, não hermafroditas. Se dá como certo que o homem é XY e a mulher XX, mas não em todos os casos”, destaca. Ela tem consciência de que a percepção social continua associando o termo grego a todas as condições de intersexualidade e persiste a ideia de que são pessoas com genitais masculinos e femininos ao mesmo tempo. Não é assim. O mito, o tabu e a lenda distorcem uma realidade muito mais complexa. “Há mais de 40 causas diferentes para sua origem e a cada ano alguma nova é descrita. Há muitas possibilidades, a intersexualidade acontece quando há uma discrepância entre o sexo genético, o da gônada e o dos genitais”, explica a médica Laura Audí, pesquisadora do grupo de Endocrinologia Pediátrica do hospital Vall d’Hebron, em Barcelona.

A OMS estima em 1% a porcentagem de pessoas intersexuais no mundo todo, mas os dados sobre a prevalência na Espanha são uma incógnita: “Podemos estimar criando paralelos com as estatísticas americanas, apesar de não ser de todo exato. Estaríamos falando que por ano nascem 250 pessoas intersexuais na Espanha”, explica o jurista Daniel J. Garcia, especialista no tema e autor do livro Sobre el derecho de los hermafroditas (sem tradução ao português).

Os bebês como Claudia, com algum tipo de discrepância genital, trazem consigo uma pergunta espinhosa: menino ou menina? A lei espanhola obriga a registrar um recém-nascido no Registro Civil sob um dos sexos em um prazo de 72 horas. Um jogo de dados contra o relógio, no qual os pais ouvem a equipe médica interdisciplinar (endocrinologistas, pediatras, cirurgiões e geneticistas) que estuda as características preponderantes no bebê para atribuir-lhe o gênero. A decisão fica na mão dos pais, mas as associações ativistas denunciam que durante muitos anos a informação que lhes foi proporcionada era escassa e ambígua, e ainda persiste um grande déficit. “Era tal a confusão que eu mesma tive de explicar para minha mãe quando soube aos 18 anos o que exatamente tinha me acontecido”, lembra Claudia. Para seus pais, há 36 anos, chegou-se a recomendar que não pesquisassem muito sobre o assunto e que fossem discretos.

 

Tags:, ,

>Link  

Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece amanhã
   Blog Diversidade   │     28 de maio de 2016   │     21:42  │  1

Parada do Orgulho LGBT de SP lança a hashtag #ChegaDeTransfobia nas redes sociais (Campanha “Marque-se”)

Parada do Orgulho LGBT de SP lança a hashtag #ChegaDeTransfobia nas redes sociais (Campanha “Marque-se”)

A 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece amanhã (domingo, 29 de Maio), com concentração a partir das 10h, em frente ao MASP, na Avenida Paulista. O movimento é organizado pela Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de São Paulo (APOGLBT) com apoio da Four X Entertainment.

Para esta edição, o tema será “LEI DE IDENTIDADE DE GÊNERO, JÁ! – Todas as pessoas juntas contra a Transfobia!”, em favor do segmento T: mulheres transexuais, homens trans e travestis. Para dar voz à reivindicação, todos os 17 trios do segmento LGBT e que compõem a Parada levantarão a bandeira T. Todos os trios trarão a bandeira T e frases que representam cada um dos segmentos. A ideia é fazer uma grande mobilização para que a “Lei de Identidade de Gênero”, atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados, seja aprovada e que todos assumam a luta pelo fim da transfobia no Brasil.

Na segunda coletiva de imprensa realizada ontem, o Prefeito Haddad assinou um decreto que torna a maior manifestação LGBT do mundo parte do calendário oficial da cidade.

“Hoje, com a assinatura do decreto que coloca a maior Parada do mundo no calendário oficial de eventos da cidade de São Paulo, a APOGLBT SP consegue mais um avanço na garantia de direitos do segmento LGBT. É mais uma conquista por todos esses anos de lutas em prol do segmento” conta Fernando Quaresma, presidente da APOGLBT.

Para garantir a estrutura da manifestação e das ações do Mês do Orgulho LGBT e captação de recursos, a APOGLBT contratou este ano a Four X Entertainment, produtora de eventos, que ficará responsável pela produção da Parada e ações do Mês do Orgulho, que incluem: 15º Ciclo de Debates, 16º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, 16º Feira Cultural LGBT e a 20ª Parada do Orgulho LGBT. A Four X atuará em parceria com outras duas empresas, a Groupe 360, empresa de Live Marketing e a OCP, empresa de eventos.

Como resultado desta nova estrutura entre a APOGLBT, Four X e seus parceiros – Groupe 360 e OCP, pela primeira vez, a Skol será a marca oficial da Parada do Orgulho LGBT. Presente com diversas ativações, a começar por um trio elétrico do Respeito Is ON, pedindo que todos respeitem a diversidade e a liberdade de escolha. No trio, shows de diversos artistas, entre eles Jaloo, Omulu, DJ Gorky e Pabllo Vittar. Skol estará em toda a extensão da parada com ativações, mensagens de respeito e cerveja gelada, incentivando os consumidores a viverem intensamente cada momento da vida – Claro, sempre com muita responsabilidade.

“Diversidade é o espírito do nosso tempo. É o que nos torna únicos, humanos e autênticos. A diversidade deve ser respeitada. Por isso, queremos engajar nossos consumidores a tomarem uma nova atitude: apertar o botão do respeito. Acreditamos que o respeito é o primeiro passo de uma longa caminhada para construir novos valores e esquecer velhas certezas. Respeitar todas as diferenças, respeitar ao próximo e incentivar que toda experiência tem que ser livre de preconceitos é um caminho que vamos abraçar”, afirma Fábio Baracho, diretor de marketing de Skol.

O respeito pela diversidade é o principal motivo para Skol entrar nessa parceria. “Vamos celebrar na melhor ocasião, junto das pessoas que têm tanto a nos ensinar sobre respeito. Vamos lutar para propagar essa onda de respeito a todos. Skol apoia o respeito porque a marca mais redonda do Brasil, não pode ser quadrada“, completa Baracho.

“Estamos felizes com a chegada de empresas que respeitam a diversidade e que se unem a nós nesta grande manifestação. É a maior Parada do Mundo e queremos torná-la a melhor”, explica Líbia Miranda, diretora da Four X.

Além de Skol, a 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT tem a parceria de Bob´s, Caixa e Prefeitura de São Paulo, que destinou R$ 1,5 milhão em estrutura para a Parada (divididos entre manifestação e show de encerramento).

Programação da 20ª Parada do Orgulho LGBT

Com apresentação da Drag Queen Tchaka, a 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT terá início às 10 horas e saída do primeiro trio às 13 horas. O trajeto dos trios será entre a Avenida Paulista e a Rua da Consolação. O último trio chega à Rua da Consolação às 18 horas. Ao final da Parada, no Vale do Anhangabaú, acontecerá a partir das 18 horas o Show de Encerramento da manifestação do orgulho LGBT.

A ordem dos trios e as respectivas atrações (algumas ainda estão sendo confirmadas) da Parada do Orgulho LGBT é a seguinte:

1- Trio de Abertura
(após a passagem deste trio será aberta uma bandeira com as cores do segmento T de 20 metros).
Algumas das atrações confirmadas: DJ DIEGO DUP e DIMMY SOLER

2- Trio Visibilidade Trans
Algumas das atrações confirmadas: LEDA BRIACHO, DJ MIDORE AMORIM e DJ SHINE

3- Trio Mães pela Diversidade
Algumas das atrações confirmadas: FESTA MEL COM LUANA HANSENE AD FERRERA e GLAMOUR GARCIA E ARIEL NOBRE

4- Trio da Prefeitura
Algumas das atrações confirmadas: DJ TAMAS, DJ ANDERSON POOH e DJ ZANBIANCO

5 – Trio da Prefeitura
Algumas das atrações confirmadas: DJ PATRICK SANDIN, DJ VLAD b2b MORAIS e DJ PATRICK SANDIN

6- Trio da Prefeitura
Algumas das atrações confirmadas: DJ ALESSANDRO SANTOS, DJ PAULO AGULHARI e DJ DIEGO DUP

7- Trio Apeosp
Algumas das atrações confirmadas:  DJ GUSTAVO VIANNA, DJ DENIS e DJ FERNANDO MORENO

8 – Trio Visibilidade Lésbica e Bissexuais
Algumas das atrações confirmadas:  DJ NATALIA LOPES, DJ ANA SERRONI e DJ MARA BORGES

9 – Trio Militância LGBT
(após a passagem deste trio será aberta a tradicional bandeira com as cores do movimento LGBT de 20 metros).
Algumas das atrações confirmadas:  COLETIVO REVOLTA DA LAMPADA – DJS GUSTAVO BONFIGLIOLI, NETO LUIZ, LEANDRO CUNHA, ONG ADBCD’s – DJS JULLUOS ALMEIDA, JORDAN BENNASSE

10 – Trio 10 – Apoio

11- Trio Lei 10.948
Algumas das atrações confirmadas:  DJ MARI CASAGRANDE, DJ ROGERIO E TJ CAMPOS + CANTORA e DJ RAFAEL ALMEIDA

12 – Trio Comerciários
Algumas das atrações confirmadas:  DJ MARY & JANIES e FABIO CODATO

13 – Trio Visibilidade Jovem
Algumas das atrações confirmadas: CYBER, ERIK VILAR, NALAYA, PAULO PRINGLES e NALAYA

14 – Trio Visibilidade Gay e Bissexuais
Algumas das atrações confirmadas: DJ ANDRE POMBA, DJ SERJO, DJ THIAGO RIBEIRO e DJ GABS

15 – Trio Artistas LGBT
Algumas das atrações confirmadas: MARCIO (DANGER) e DJ HARRY LOUIS

16 – Trio Skol
Algumas das atrações confirmadas: DJ GORSKY, PABLO VITTAR, JALOO e HOMULU

17 – Trio da Paz
Algumas das atrações confirmadas: ALINNE ROSA + CHA DA ALICE

O primeiro trio sairá da Av. Paulista às 12 horas e o último trio às 16 horas. O encerramento será às 18 horas em frente à Praça Roosvelt, na Consolação.

Cada trio percorrerá o trajeto da Parada entre a Av.Paulista e Rua da Consolação com tempo estimado de 2h a 2h45.

Bloqueio Av.Paulista

A Av. Paulista estará bloqueada para carros a partir das 8 horas do dia 29 de maio. A liberação da avenida acontecerá após a limpeza da via urbano no domingo. A Rua da Consolação ficará bloqueada para carros entre 12 e 18 horas.

Atrações Trios
Serão mais de 30 DJs, além das cantoras Analaia, Alinne Rosa (que virá no último trio da Paz), Pepê & Neném, Denis DJ (Apeosp), entre outras surpresas.

Alimentação
A parte de alimentação durante a 20ª ficará a cargo do Bob´s. A comercialização dos produtos será feita por 400 ambulantes credenciados pelo Bob´s. No dia serão vendidos sanduíches e milk shake, além de snacks Pepsico.
Durante a Parada do Orgulho LGBT, quatro postos de abastecimento funcionarão para suporte aos ambulantes que comercializarão bebidas e alimentos.

Segurança e Atendimento Saúde
Haverá uma estrutura na região cedida pela Prefeitura composta por oito ambulâncias de UTI, oito ambulâncias de remoção, quatro postos médicos, 30 brigadistas, 200 seguranças, 180 cordeiros e 780 banheiros químicos. Além da estrutura oferecida pelo órgão municipal, policiais militares, e policiais da delegacia de polícia de repressão aos crimes raciais e delitos de intolerância (Decradi), bombeiros civis, cordeiros para os trios; além de seguranças que completam a estrutura de apoio ao público. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ficará responsável pelas interdições das vias no entorno.

SERVIÇO:

20ª Edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo
– Tema: “LEI DE IDENTIDADE DE GÊNERO, JÁ! – Todas as pessoas juntas contra a transfobia”
– Horário: das 10h às 18h
– Concentração: Em frente ao Masp, na Avenida Paulista – São Paulo/SP
– Realização: APOGLBT
– Produção: FourX em parceria com a Groupe 360º e OCP
– Apoio: Prefeitura de São Paulo
– Site da APOGLBT: http://www.paradasp.org.br

Tags:, , ,

>Link