Tag Archives: Laffon Pires

Lideranças criarão a 1ª casa de acolhimento para LGBT de Alagoas
   Blog Diversidade   │     6 de agosto de 2017   │     22:37  │  0

Com a cara e a coragem, os militantes LGBT: Nildo Correia – presidente do Grupo Gay de Alagoas-GGAL, Laffon Pires – Presidente do Grupo Gay do  Tabuleiro-GGT, Messias Mendonça – Presidente do Grupo Gay de Maceió-GGM e Maria Santos – Presidente do Grupo de Mulheres Negras e lésbicas de Alagoas-DANDARA, estarão abrindo até o final do mês em curso, ou início de setembro, a primeira casa de acolhimento voltada para a população LGBT e pessoas vivendo com HIV/AIDS do Estado de Alagoas.

O espaço chamará, Casa de Acolhimento e Apoio Ezequias Rocha Rego, em homenagem a um dos fundadores do GGAL, assassinado em 2011. 

A casa será no centro da cidade de Maceió, e contará com a prestação dos serviços em assistência jurídica, psicológica, social; cursos profissionalizantes; entrega de preservativo, gel lubrificante e material informativo; espaço para encontros de convivência, além de oferecer abrigo a lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais espulsos  de casa por seus familiares, LGBT idoso e pessoas vivendo com HIV/AIDS.

A iniciativa será feita na raça, mas já conta com o apoio e doações de simpatizantes da causa.

Para Maria Santos – presidente do Dandara, a iniciativa chega a Alagoas para somar na luta contra a exclusão da população LGBT alagoana. “Tomamos está iniciativa, porque se não for a gente a darmos a cara a bater de início, as coisas não andarão”

Para Laffon Pires – Presidente do GGT, são iniciativas como está que fazem a diferença, e vamos em frente, promovendo ações nas áreas da saúde, geração de emprego e renda, educação, cultura e outras necessidades que fortaleça a equiparação de direitos civis e sociais para lésbicas,  gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas vivendo com HIV/AIDS.

Messias Mendonça – Presidente do GGM, fala na importância e impacto social na vida do público assistido. “Você aí que está lendo esta matéria, sabe a importância de se dá colhida a um jovem LGBT que foi espulso de casa, que se encontra sem chão e desnorteado, com medo do que encontrará pela frente?, Reflita!”.

Já Nildo Correia- presidente do GGAL, aproveitou o momento para convidar toda a militância LGBT alagoana, simpatizantes da luta a se engajar em prol desta causa. “Causa está limpa, sem fins lucrativos, cheia de sede de igualdade de direitos”.

Os interessados em contribuir com doações como: cama; colchão; roupa de cama, mesa e banho; remédios, ou outros donativos, além de serviço voluntário, deverão entrar em contato pelo whatzapp: 82 99644-1004.

Tags:, , , , , , , , , ,

>Link  

Movimento LGBT entregará ‘Carta’ de reivindicações ao Secretário do Gabinete Civil Dr. Fábio Farias
   Blog Diversidade   │     22 de abril de 2015   │     12:19  │  0

Movimento LGBT reclama da mora na implantação das políticas públicas por parte do atual Governo.

 

Amanhã, 23/04, ás 10 horas da manhã, lideranças do movimento LGBT de todo o Estado de Alagoas, estarão reunidos com o Secretário do Gabinete Civil Dr. Fábio Farias, para entregar uma Carta de reivindicações. O objetivo desta ação é tentar um dialogo pacífico com o atual Governador de Alagoas Renan Filho, na perspectiva de se ter um avanço na implantação das políticas pública em prol da população LGBT no Estado de Alagoas.

Gygy Lima - Pres. do GGBSAPara Givanildo de Lima – Gygy Presidente do Grupo Gay de Barra de Santo Antônio, este momento se faz mais que necessário, para que o movimento fique ciente de como se encontra a problemática das questões LGBT, pois desde o inicio do novo Governo, a gestão não se pronunciou, e como se não bastasse até a Gerência de Políticas Públicas LGBT, que faz parte da pasta da Secretaria de Estado da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos – SEMCDH, se encontra desativa, e sem perspectiva de quando retomará, frisou o militante.

Maria Santos – Mov. Lésbico de Alagoas

“Precisamos entender ao certo, qual é o compromisso real do então Governador Renan Filho, Para com a causa LGBT em nosso estado, pois não podemos trabalhar em cima de algo não afirmativo, em um estado como Alagoas, onde há mais de uma década emplacamos como um dos estados que mais se matam homossexuais, segundo os dados do relatório de homicídios, produzido pelo Grupo Gay da Bahia – GGB, que tem como coordenador das estatísticas, o antropólogo e historiador Luiz Mott, uma das maiores referência LGBT do mundo”, desabafa Maria Santos – Pres. Do Grupo Gay Dandara.

Laffon Pires - Pres. do GGT

Laffon Pires – Pres. do GGT

“Mesmo com todas as dificuldades vividas neste momento, acredito no compromisso firmado pelo Governador Renan Filho, durante a campanha, onde o mesmo se comprometeu em ter um diálogo amplo e direto com os movimentos sociais, além de priorizar a implantação das políticas públicas emergenciais, em especial, as que fossem voltadas aos seguimentos mais marginalizados e carentes de políticas efetivas e afirmativas. Tenho ao certo Governador, que tudo que foi firmado anteriormente, o Senhor não deixará de Honrar, acredito na sua história pública e na sua capacidade de governar”, afirma Laffon Pires – Presidente do Grupo Gay do Tabuleiro.

Além da dificuldade da reativação da Gerência LGBT, que o movimento espera resolver nesta ocasião, através de um bom diálogo com o Secretário Fabio Farias, uma serie de ações, que estarão pontuadas em um plano de ação desenvolvido pelo movimento, durante o ultimo Encontro de Sistematização de Políticas Públicas, organizado pelas instituições LGBT do Estado de Alagoas.

Tags:, , , , ,

>Link