Tag Archives: Grindr

Igreja Católica investiga uso de app de paquera gay por seminaristas
   Blog Diversidade   │     30 de agosto de 2016   │     0:00  │  0

Jovens que estudavam para se tornar padres estariam inscritos no Grindr

Blogs e cartas anônimos divulgaram a existência de uma ‘cultura gay’ na Faculdade Saint Patrick, an Irlanda - REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Blogs e cartas anônimos divulgaram a existência de uma ‘cultura gay’ na Faculdade Saint Patrick, an Irlanda – REPRODUÇÃO/FACEBOOK

A Igreja Católica da Irlanda vai abrir investigação para apurar o suposto uso do Grindr, aplicativo de paquera gay, entre jovens seminaristas do Seminário Nacional da Irlanda na Faculdade Saint Patrick, em Maynooth, no condado de Kildare, no leste do país. A decisão foi tomada nesta terça-feira, em encontro entre os curadores da instituição, que discutiu a alegação sobre a existência de uma “cultura gay” entre os futuros padres e da “atividade homossexual” no principal seminário do país.

 “A curadoria compartilha as preocupações sobre a atmosfera pouco saudável criada por acusações anônimas junto com comentários em redes sociais que podem ser especulativas ou até maliciosas”, disse o Seminário Nacional da Irlanda, em comunicado divulgado nesta quarta-feira.

Para conseguir informações sobre o caso, a curadoria vai revisar as atuais políticas e procedimentos para a coleta de queixas e reclamações, visando “adotar as melhores práticas” para proteger denunciantes, além de avaliar e revisar as políticas sobre o “uso apropriado da internet e das mídias sociais”.

No início do mês, blogs e cartas divulgados anonimamente em redes sociais relataram a existência de atividade homossexual e o uso do aplicativo Grindr entre seminaristas e funcionários da faculdade. Por causa da repercussão, o arcebispo Diarmuid Martin chegou a afirmar que não enviaria mais estudantes para a faculdade.

No comunicado divulgado nesta quarta-feira, a curadoria do Seminário Nacional não chega a citar o termo “homossexual”, mas deixa claro que “não existe lugar na comunidade seminarista para qualquer tipo de comportamento ou atitude que contradiga os ensinamentos e o exemplo de Jesus Cristo”.

Além da investigação, o seminário vai requerer à Conferência de Bispos a instalação de uma auditoria independente para a governança e estatutos dos seminários irlandeses, a criação de uma política nacional uniforme para a admissão de novos seminaristas e o planejamento para a introdução de um ano propedêutico para todos os candidatos a padre.

“Estabelecer um subcomitê para examinar as necessidades pastorais do treinamento de padres na Irlanda contemporânea, notando em particular a recente recomendação do Papa Francisco: ‘A presença de leigos, famílias e especialmente de mulheres na formação de padres promove a apreciação da diversidade e complementaridade das diferentes vocações na Igreja’”.

Fonte: O Globo

Tags:,

>Link  

Reino Unido: Autoridades culpam o Grindr pelo aumento de DST
   Blog Diversidade   │     18 de janeiro de 2015   │     0:00  │  0

No Reino Unido houve um aumento no contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Os casos de gonorreia saltaram de 25.577 para 29.291, um aumento de 15% entre 2012 e 2013. Já a contaminação por sífilis aumentou 9%, indo de 2.981 casos para 3.241.

Peter Greenhouse, da Associação Britânica de Saúde Sexual e HIV, e culpa os aplicativos de encontros (Tinder, Grindr, Hornet…) por esse aumento significativo.

“Você não precisa ser um gênio para perceber que esses aplicativos fazem do sexo casual uma coisa fácil. Você pode encontrar, em um ou dois metros, a pessoa mais próxima disponível que está interessada. É algo que não estava disponível antes. Graças ao Grindr ou Tinder, você pode pegar clamídia em cinco minutos”.

Para defender a empresa, o porta-voz do Grindr, Justin Howard, afirmou que a empresa tenta promover sexo seguro e que lista clínicas onde usuários podem fazer testes. No país, o Grindr tem como política proibir menção de usuários que procuram barebacking (sexo sem preservativo) e removem perfis que violam essas regras.

Tags:, , , , , , , , ,

>Link