Category Archives: Falecimento

Nota de pesar
   Blog Diversidade   │     10 de abril de 2015   │     12:28  │  0

O Grupo Gay de Alagoas – GGAL , Lamenta, comunica ao mesmo tempo em que manifesta seu pesar e sua solidariedade à família e aos amigos do militante LGBT alagoano Gil – Vice-presidente do Grupo Gay da Cidade de Atalaia, que faleceu nesta última madrugada, 10/04/15, vítima de infarto fulminante.

O corpo do militante será velado na residência de familiares no bairro do Clima Bom. Seu sepultamento provavelmente ocorrerá hoje no final da tarde, ou amanhã pela manhã, no Cemitério Municipal São Luiz, localizado na Santa Amélia, parte alta da cidade.

Atenciosamente,

Nildo Correia – Presidente do GGAL

Maceió, 10 de abril de 2015.

Tags:,

>Link  

Morre Pedro Lemebel, referência da literatura homossexual chilena
   Blog Diversidade   │     28 de janeiro de 2015   │     21:00  │  0

O artista plástico chileno Pedro Lemebel morreu aos 62 anos de idade vitima de um câncer de laringe

O artista plástico chileno Pedro Lemebel morreu aos 62 anos de idade vitima de um câncer de laringe

O escritor e artista plástico chileno Pedro Lemebel, nascido no Chile em 1952 o mais renomado e irreverente expoente da literatura homossexual do país, morreu na  sexta-feira do dia 23 deste mês aos 62 anos, vítima de um câncer de laringe. O óbito ocorreu na Fundação Arturo Lopez Perez, onde estava hospitalizado, e lutava há três anos contra este câncer.

Ganhador em 2013 do Prêmio Ibero-americano de Letras José Donoso, era amigo de Roberto Bolaño, que o considerava o melhor poeta de sua geração, Lemebel era uma personalidade internacional respeitada em toda América Latina, Europa e EUA. Em 2006 foi premiado pela Fundação Anna Seghers, e em seguida, em 2013, ganhou o Prêmio Iberoamericano de Letras -José Donoso .

Lemebel é conhecido como referência da literatura homossexual chilena, mas sua obra também aborda temas como a pobreza e a marginalidade, em textos caracterizados pela provocação e irreverência.

Também era um reconhecido cronista e militante do Partido Comunista, sendo um duro detrator da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

Em 2013 ele esteve no Brasil, para participar da Balada Literária e do Festival MixBrasil de Cultura e Diversidade. A última vez que se apresentou publicamente ocorreu durante uma homenagem a sua obra Noche Macuca, de 2015, no Museu Gabriela Mistral, como parte do Festival de Teatro Santiago a Mil, em 7 de janeiro.

Entre as mais de 20 obras que deixou – poesias antologias e crônicas -,destacam-se Tengo Miedo Torero (2001), Zanjón de la Aguada (2003) e Háblame de amores (2012). Lemebel também foi cronista dos jornais La Nación e The Clinic e da revista Punto Final.

Tags:, , , , , ,

>Link