Category Archives: Esporte

Alagoas realizará o I Campeonato de Esportes de Praia LGBT do Brasil
   Blog Diversidade   │     8 de julho de 2017   │     1:02  │  0

Beach champion’s, esse é o nome que está sendo dado ao  I Campeonato de Esportes de Praia LGBT de Alagoas, também o primeiro realizado no pais. O evento será uma realização da coordenação nordeste, do CDG Brasil – Comitê Desportivo LGBT, em parceria com as entidades: Grupos Gay de Alagoas- GGAL, Grupo Dandara, Ahbentes, GGT, e do blog Diversidade.

O Campeonato está sendo programado para acontecer nos dias 27, 28 e 29 de outubro, na  praia de Jatiúca, umas das praias mais badalada da capital maceioense. As modalidades esportivas estão sendo definidas em competições masculina e feminina de “vôleibol, basquete, futsal, natação, corrida, capoeira, surf, gaymado e triathlon, muita música eletrônica ao longo dos três dias de evento, ações solidária, de saúde e meio ambiente, além de um grande luau com a participação de uma cantora alagoana, que será definindo em breve.

Para Maria Santos, presidente do Grupo Dandara, e uma das organizadoras do evento, a ação vem como uma forma de fortalecer a luta contra a homolésbotransfobia em nosso Estado. “Acredito na força do esporte, não só na ação de combate ao preconceito, mas também como uma forma de tirarmos esses jovens da ociosidade, e afastar das drogas e da marginalidade”, afirmou Santos.

Já para o presidente do CDG Brasil – Comitê Desportivo LGBT, Érico Santos, ações regionais de inclusão LGBT no esporte como está é realmente louvável. “Estamos felizes em saber que o nordeste, em especial Alagoas está trabalhando pela realização desta inciiativa inédita no Brasil que são os jogos LGBT de praia”.

Em breve as inscrições estarão aberta, como também outras novidades sobre o evento. Então você LGBT desportivo de Alagoas, fica antenado e de olho em tudo de novo que vem por ai.

Tags:, , , , , , , , , , , , , ,

>Link  

Jogos da Diversidade: Saiba como participar do evento mais inclusivo do mundo desportivo
   Blog Diversidade   │     5 de junho de 2017   │     0:00  │  0

A primeira edição dos Jogos da Diversidade de São Paulo acontecerá no dia 17/06, véspera da nossa Parada do Orgulho LGBT. O evento foi criado para celebrar a diversidade através de competições esportivas saudáveis entre os membros da comunidade LGBT, e é organizado pela APOGLBT e CDG Brasil – Comitê Desportivo LGBT.

Dentre as modalidades disponíveis estão: Bilhar, Carteado, Dança, Futebol Feminino, Futsal Masculino, Gaymada, Handebol, Natação e Voleibol, além de uma aula livre de Zumba.

Para participar, basta enviar sua inscrição através do site oficial. Existem duas possibilidades de inscrição: “Inscrição de equipes” para modalidades coletivas, e “Inscrição de atletas” para as individuais.

A participação é gratuita, mas no dia do evento, cada participante deve contribuir com 1 pacote de leite em pó (mínimo 400 gramas), que será doado para uma instituição de caridade.

Os jogos serão realizados no Complexo Desportivo do Ibirapuera. Mais informações no evento oficial.

Serviço:

Jogos da Diversidade                                                                                                                                                Dia: 17/06 (Sábado)                                                                                                                                               Hora: Das 08h às 20h                                                                                                                                             Endereço: Complexo Desportivo do Ibirapuera (Rua Abilio Soares, 1480 – São Paulo)
Website: http://www.timebrasil.lgbt/jogosdadiversidade

Fonte: ASCOM APOLGBT

>Link  

Gaymada, futebol, música e militância LGBT tomam conta da zona leste de SP
   Blog Diversidade   │     10 de maio de 2017   │     0:33  │  0

Raaaaaann! Quem é que fortalece a quebrada?

Parafraseações de Mulher Pepita à parte, anotem aí em seus smartphones: neste sábado, dia 6 de maio, a Gaymada São Paulo, o time Natus F.C. e o Coletivo Alternativa L, se unem para apresentar a primeira edição da República LGBT, evento que reúne diversas atividades para a comunidade lésbica, gay, bi e trans da capital paulista, na Escola Estadual República da Nicarágua.

A programação é bem diversa e promete agradar a todos os públicos, até mesmo porque ela inteira é Catraca Livre e acontece das 11h às 16h. Entre os destaques, estão a própria Gaymada, que leva suas partidas de queimada pra lá de baphônicas; partidas de futebol organizado pelo Natus F.C, e também rodas de conversa, atendimento jurídico e até um pocket show.

Tags:

>Link  

Rio de Janeiro poderá sediar os Gay Games em 2026
   Blog Diversidade   │     8 de janeiro de 2017   │     0:00  │  0

A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Quem disse que os LGBTs não gostam de esportes.  Os jogos Olímpicos do Rio 2016 tiveram recorde de atletas assumidos e bombou muito. Essa feshação pode trazer para o Brasil algo bem lacrativo em 2026. A cidade pode sediar o Gay Games, jogos internacionais que deve reunir 15 mil atletas em 12 dias de competição.

A informação foi divulgada pelo jornal O Globo que informou que o Rio Convention & Visitors Bureau e a International Gay and Lesbian Travel Association (IGLTA) firmaram parceria para fazer do Rio o principal destino LGBT da América do Sul. A estimativa é que os jogos tenham uma movimentação financeira de US$ 40 milhões na economia.

Os Gay Games, que existem desde 1982, acontecem em 2018, em Paris. No próximo mês será revelada a cidade que recebe o evento em 2022.

Tags:, , , ,

>Link  

Amanda Nunes exalta orgulho em ser a primeira campeã gay do UFC
   Blog Diversidade   │     13 de julho de 2016   │     0:00  │  0

Baiana homenageou a namorada Nina Ansaroff em coletiva de imprensa pós-UFC200

Baiana homenageou a namorada Nina Ansaroff em coletiva de imprensa pós-UFC200

A brasileira Amanda Nunes deu show no UFC 200. Após herdar a vaga de main event da noite, a peso-galo (61 kg) atropelou a então campeã Miesha Tate (61 kg) e garantiu alguns feitos. Além de impor uma derrota relâmpago na resistente adversária, a atleta da ATT se tornou a primeira mulher a ser dona de um cinturão no UFC no País e, como marca histórica, cravou seu nome na história como primeira campeã gay da história do evento.

Por sinal, sua namorada Nina Ansaroff também é uma lutadora do UFC. Além de morarem e treinarem juntas, as atletas dividem a rotina de dieta e horários confusos que apenas atletas de alto rendimento conhecem. E isso é o ponto chave não apenas para o sucesso da nova campeã dentro mas também fora do cage.

“Nina é a melhor parceira de treinos que eu já tive. Essa garota será a próxima campeã do UFC. Ela tem muitos talentos e vai mostrar que será campeã. Ela é tudo para mim. Me ajuda todo dia… Eu vou chorar [risos]. Eu amo ela. Isso é demais. O mais importante é que eu sou feliz com a minha vida”, narrou ainda na coletiva de imprensa logo após o combate, para aplausos dos lutadores presentes.

Curiosamente, sua conquista com um fato interessante. Semanas atrás, um ataque à uma casa noturna voltada para o público LGBT em Orlando (EUA) causou comoção no país. E como forma de demonstrar apoio, o UFC lançou nesta semana uma camiseta especial à causa.

“Gostaria que esse tipo de coisa não acontecesse mais. Paz no mundo é importante. Não acho que os EUA vão deixar isso acontecer de novo. Acho que isso vai parar”, profetizou a campeã, com um sinal de otimismo estampado no rosto.

 

Tags:, , ,

>Link