Conheça as gêmeas trans que fizeram cirurgia rara para mudar sexo
   Blog Diversidade   │     23 de fevereiro de 2021   │     11:52  │  0

Identidade das irmãs que vieram do interior de Minas Gerais para Santa Catarina foi revelada; elas contam como estão se sentindo pós cirurgia

As gêmeas Mayla e Sofia, de 19 anos, que são transexuais, vieram do interior de Minas Gerais para Santa Catarina para realizar um sonho em comum, as duas passaram pela cirurgia de redesignação sexual, popularmente conhecida como “mudança de sexo”.

O procedimento raro em todo o mundo ocorreu na última quarta-feira (10), no Hospital Santo Antônio, em Blumenau. A cirurgia demanda alta tecnologia e repercutiu em todo o país, principalmente por ter sido feito em duas irmãs gêmeas tão jovens.

Agora, Sofia e Mayla decidiram revelar suas identidades, quem apresentou a duas foi o jornalista Alex Ferrer, que através de suas redes sociais, mostrou como foi acompanhar de perto a cirurgia das duas.

As irmãs já discutiam a transição do masculino para o feminino desde antes da maioridade, ambas começaram o tratamento hormonal com anticoncepcional por volta dos 15 anos. Para elas, a cirurgia é a realização de um sonho que as tornará completas, sem o órgão genital masculino.

“Me sinto realizada, liberta. Foi tudo com a permissão de Deus, desde os meus 3 anos de idade eu peço para Deus me transformar em uma menina e creio que ele nos abençoou até aqui”, conta Mayla.

As duas precisaram vender uma casa, que era fonte de renda para a família, para conseguir fazer a cirurgia. “Meus pais sempre entenderam e nos apoiaram, nós somos mulheres, mas nascemos no corpo errado, agora estamos livres”, finalizou Mayla.

Como foram os procedimentos

Mayla passou pela cirurgia na quarta-feira (10). O procedimento durou cinco horas. Sofia passou pela operação na quinta (11). As duas permanecem em observação no hospital e devem ter alta nos próximos dias.

A operação foi realizada pelos médicos José Carlos Martins Junior e Cláudio Eduardo de Souza, que comandam o Transgender Center Brazil, clínica com sede em Blumenau especializada em cirurgia trans e feminização facial. O estabelecimento é o único especializado neste tipo de operação no Brasil.

A dupla, que atende no Brasil e no exterior, Já realizou cerca de 400 cirurgias de transição de gênero desde a inauguração, em 2015. Os dois foram responsáveis pelo atendimento à modelo trans Alice Felis, agredida no Rio de Janeiro, em 2020, e deram para ela todo o tratamento das fraturas e a feminização facial.

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *