Monthly Archives: março 2018

Prefiro um filho morto do que vivo e pecador, diz mãe de jovem encontrado morto
   Blog Diversidade   │     27 de março de 2018   │     21:18  │  0

O jovem Yago Oliveira foi mais uma vitima da homofobia, porém, dentro da própria casa. Fã de David Bowie, Yago sofria preconceito da própria família já que tem uma mãe extremamente religiosa.

Neste desabafo ele relatou diversos acontecimentos envolvendo a família, que não condiz com a ideologia Mórmon que a mesma pregava. Na postagem o jovem tentava entender se realmente era errado o LGBT.

Morador de João Pessoa (PB), Yago sofria preconceito de todos, especialmente de sua mãe extremamente religiosa. Dois meses antes de cometer suicídio, ele fez um longo desabafo no Facebook:

No dia 14 de Março, Yago foi encontrado morto dentro do seu próprio quarto enforcado. A policia registrou o caso como suicídio. Enquanto o Mixturando produzia e apurava os fatos desta reportagem, registramos diversos depoimentos de amigos do jovem.

Porém o que pegou de surpresa, foi a declaração da Mãe do Yago, conhecida como Ivanilda. Perguntada sobre a morte do filho ela respondeu ao Mixturando:

”O homem de lá atendeu meu pedido, prefiro um filho morto do que vivo e pecador, seria uma eterna vergonha e uma desonra sem tamanho.” , disse a mãe do jovem.

Os amigos de Yago relataram que ele sofria de depressão justamente por conta do preconceito que sofria dentro da própria casa.

Fonte: Expressopb

Tags:, , , ,

>Link  

Gol tem primeira comissária de bordo trans do Brasil
   Blog Diversidade   │     13 de março de 2018   │     10:53  │  0

Condecorada a primeira companhia aérea gay-friendly do Brasil, a Gol inovou ao trazer uma comissária de bordo transgênero em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira (08), durante o voo número 1020 que fazia o eixo São Paulo-Rio de Janeiro, no qual apresentava uma tripulação totalmente feminina.

De acordo com a Gol, Nicole Cavalcante, de 34 anos, é a primeira mulher trans no Brasil no cargo, que exerce há oito anos, ainda quando assumia a identidade masculina, há quatro anos se descobriu trans após passar por uma crise de depressão. Passou por um tratamento durante três anos, período no qual decidiu afastar-se do trabalho, e há seis meses retornou já com a nova imagem.

“Antes de voltar a voar, trabalhei internamente [na área administrativa] porque estava trocando a minha documentação. A empresa ainda estava meio sem saber como fazer porque era o primeiro caso, mas foi tudo feito da melhor forma”, disse ela em entrevista ao UOL.

Além de Nicole, outras duas mulheres trans exercem funções na companhia aérea, porém, não como comissárias. “Quem não sabe da minha história nem percebe. Para quem sabe eu sou super bem aceita”, contou.

Apesar da conquista, Nicole reconhece que o mercado de trabalho não é tão solícito para as pessoas transgêneros. “A gente tem qualificação profissional e capacidade para exercer qualquer profissão. Só que, infelizmente, o preconceito das pessoas acaba deixando a gente de lado”,lamentou.

 

 

Tags:, ,

>Link  

Saiba como funciona uma cirurgia de mudança de sexo e qual é o procedimento
   Blog Diversidade   │     6 de março de 2018   │     17:56  │  0

A cirurgia de troca de sexo existe no mundo desde aproximadamente o ano de 1910, um dos primeiros casos que se há registro desse procedimento é com Lili Elbe, que na verdade era Einar Wegenar, um homem que não se identificava com seu gênero. Após cinco procedimentos na Alemanha, Lili finalmente teve o corpo feminino que sempre desejou, sua história foi reproduzida no filme ganhador de Oscar, A Garota Dinamarquesa.

Hoje o processo já se tornou mais comum em todo o mundo, aqui no Brasil ele é feito de maneira gratuita pelo SUS, porém o processo é demorado, desde ficar na fila para o processo até todo o tratamento inicial. Quando feita em clínicas particulares, o procedimento é considerado caríssima e tem preço superior a 30 mil reais.

O nome correto desse procedimento é de Redesignação Sexual, isso porque não é somente uma troca de sexo e sim um processo que começa na mente do paciente, onde a pessoa não “aceita” o sexo que nasceu, onde seu cérebro se reconhece como o sexo oposto, usando assim a cirurgia de Redesignação Sexual para ter o gênero desejado.

COMO FUNCIONA A CIRURGIA DE MUDANÇA DE SEXO?

A cirurgia de mudança de sexo é muito mais complexa do que se imagina. O procedimento além de doloroso, demorado e muito brusco, precisa também de acompanhamento psicológico previamente e posteriormente.

Você precisa ter no mínimo 21 anos aqui no Brasil, esperar a sua vez na fila do SUS e então enfrentar 24 meses de acompanhamento médico até a finalização da cirurgia efetivamente.

Veja abaixo como é o procedimento das trocas existentes.

HOMEM PARA MULHER

Todo o material do pênis é utilizado para construir a futura vagina.

Primeiro o paciente recebe a anestesia geral, depois é feita uma incisão em torno de todo o saco escrotal e do pênis. É preciso cuidado redobrado para não atingir o aparelho urinário, que é adaptado para o novo corpo feminino. Esse corte irá se transformar posteriormente em uma vagina com profundidade de 12 até 15 cm.

O testículo é retirado, desse modo se evita a produção de hormônios masculinos. O tecido cavernoso do pênis também é eliminado, só sobra a glande, que ficará presa por um pequeno tecido nervoso, que é responsável pela ereção.

A pele do pênis irá cobrir o canal vaginal, o que dá a sensibilidade necessária na região. O que era antes a glande agora de torna quase um clitóris, é desse modo que se atinge o orgasmo.

O que antes era o prepúcio e o escroto, agora são lábios vaginaias.

Após a cirurgia, para que o buraco formado não se feche, é necessário utilizar uma alargadora ou fazer sexo com penetração frequentemente pelo tempo mínimo de 20 minutos.

MULHER PARA HOMEM

Procedimento bem mais raro e complicado do que o explicado anteriormente, essa troca de sexo é feita principalmente com base na inserção de hormônio no organismo para o crescimento do clitóris.

A paciente precisa tomar cerca de 200 mg de testosterona diariamente. Após algum tempo, os primeiros sinais irão aparecer, que incluem a falta de menstruação, a voz mais grave, o desenvolvimento da massa muscular, calvície em alguns dos casos, aumento dos pelos corporais.

Mas o mais importante é o crescimento do clitóris, que com a mesma origem embrionária que a do pênis, começa a ganhar forma com a inserção de hormônios.

Quando esse órgão atinge o mínimo de 6 centímetros, ele é descolado da região, desse modo ganha independência em seus movimentos. A uretra fica maior pelo tecido que é extraído da vagina.

A formação dos testículos são feitas com o tecido dos grandes lábios vaginais, que vão ser envolvidos por duas próteses esféricas de silicone.

O pênis, ou como é comumente conhecido “neopênis” é minúsculo e não é muito usado para a penetração.

Tags:, ,

>Link  

Me Chame Pelo Seu Nome leva Roteiro Adaptado na premiação
   Blog Diversidade   │     5 de março de 2018   │     14:11  │  0

O longa “Me Chame Pelo Seu Nome” venceu a categoria Melhor Roteiro Adaptado na 90ª edição do Oscar realizada na noite deste domingo (4). A estatueta foi recebida pelo roteirista James Ivory.

A produção mostra o jovem Elio Perlman (Timothée Chalamet), um adolescente que conhece o amor e a aceitação sexual depois de se envolver com o jovem Oliver (Armie Hammer) durante férias na Itália.

Realizada no famoso Teatro Dolby, em Los Angeles, a festa premia os melhores filmes e profissionais do cinema do último ano. Jimmy Kimmel é o apresentador do evento pela segunda vez seguida.

Confira o trailer do filme vencedor:

 

P

>Link  

Érica Medeiros, ex cantora do Forró da Sedução fará carreira solo
   Blog Diversidade   │     2 de março de 2018   │     14:40  │  0

Conhecida e amada entre o público das noitadas LGBTI+ Alagoana, a ex cantora da banda Forró da Sedução, Érica Medeiros, vive um novo momento em sua vida profissional.

Depois de 6 anos de carreira, junto com a banda Forró da Sedução, Érica relata que resolveu dar novos rumos a vida profissional, fazendo carreira solo, e que segue com muito desempenho, amor e humildade. Medeiros diz que a força de vencer vem primeiramente de Deus, e consequentemente do seu público que a incentiva em cada gesto, apoio, e carinho, fala que sem os mesmos ela certamente teria desistido.

Sua estréia solo será no próximo sábado, 3/3, às 00:30, no bar Anexo e Petiscaria, localizado no bairro do prado (em frente a praça da faculdade), e promete botar o público para dançar muito.

Contatos para shows: 987367528/ 988965258/ 98345717.

Tags:, , ,

>Link