Show de Lady Gaga no intervalo do Super Bowl usou 300 drones
   Blog Diversidade   │     6 de fevereiro de 2017   │     14:48  │  0

Aparelhos Shooting Star fizeram apresentação sincronizada no céu de Houston, no Texas, na noite de ontem, domingo, 5/2.

O esperado show de Lady Gaga durante o intervalo do Super Bowl na noite deste domingo, 5/2, chamou a atenção não só pelas músicas da cantora, mas também por uma apresentação com 300 drones.

As três centenas de drones Intel Shooting Star fizeram uma verdadeira dança sincronizada no céu de Houston, no Texas, onde assumiram diferentes formas, como estrelas e a bandeira norte-americana, para depois terminar com os logos da própria Intel e da Pepsi.

Cada um dos 300 drones Shooting Star, da Intel, possui cerca de 30cm de largura, pesa pouco mais de 225 gramas e conta com LEDs embutidos, que permitem quatro bilhões de combinações de cores.

Mas a diva não parou por aí, Lady Gaga segurou sozinha os 12 minutos e meio de show no intervalo do Super Bowl. A cantora literalmente pulou para dentro do estádio e voou sobre o público. Ela começou a apresentação na cobertura do estádio cantando “This Land Is Your Land”, cercada de drones que brilhavam com as cores da bandeira dos Estados Unidos. Depois disso, deu um salto para dentro do caldeirão e surgiu voando sobre o enorme público.

Gaga cantou vários hits de sua carreira. Teve intro de “The Edge of Glory” antes de ela começar arrasando com “Poker Face”. Em seguida, foi a vez de os dançarinos se juntarem a ela na coreografia de “Born This Way”. Teve tempo ainda para Gaga cantar um trechinho de “Telephone” e ser carregada por um dançarino magia.

Depois disso ela se misturou ao público para cantar “Just Dance”. A parte calma do show ficou por conta da execução de “Million Reasons”, balada do álbum mais recente e diferentão da carreira dela, o eclético “Joanne”. O público contribuiu para o cenário digno de abertura de Olimpíada balançando lanternas que formavam uma espécie de sol em volta do piano de Gaga.

Para finalizar com tudo, Gaga presenteou “a América e o mundo” (como ela fez questão de destacar) com uma troca de roupa e a execução de “Bad Romance”. Se ela começou pulando, foi assim que terminou o show também. Depois de ser elevada por um tótem ela pulou novamente e sumiu.

Matthew Emmons-USA TODAY Sports

Lady Gaga troca figurino por uma roupa branca e canta “Bad Romance” ao final do showimagem: Matthew Emmons-USA TODAY Sports

Esta foi a primeira apresentação completamente solo em 7 anos. O último artista que não havia recebido convidados no show do intervalo do Super Bowl foi a banda The Who, em 2010.

Algumas horas antes do show, a artista divulgou uma mensagem de inclusão em suas redes sociais explicando os motivos que a levaram a quebrar a tradição dos últimos anos e fazer o show sozinha. Ela dedicou a toda a apresentação aos fãs que seguem ela há muito tempo. Leia a mensagem de Lady Gaga na íntegra:

“Eu gostaria de agradecer todos os meus fãs por me apoiarem durante todos esses anos. Não haverá nenhum convidado na minha performance desta noite. Eu farei esses 13 minutos de show sozinha! Dedico cada segundo da apresentação ao amor, à diversidade, à compaixão e ao espírito selvagem da minha base de fãs. Para aquela criança que se sentiu indesejada ou o adulto que sabe o quanto foi difícil encontrar a aceitação. Isso é para você. É também para aqueles cujos corações e mentes estão abertos para a nossa mensagem. Obrigada por acreditarem em nós para que pudéssemos estar aqui hoje. “Little monsters”, este é o seu palco. E eu vou colocar meu coração nisso para que vocês nunca se esqueçam. Vamos lá! Beijos com amor, Gaga. OBS: Eu amo muito vocês”

Tags:,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *