Parada Gay de Maceió é CANCELADA por falta de apoio

 

Evento ocorreria de 5 a 11 de dezembro, mas infelizmente por falta de apoio do governo do Estado e da prefeitura de Maceió foi CANCELADO

O Evento ocorreria de 5 a 11 de dezembro, mas infelizmente por falta de apoio do governo do Estado e da prefeitura de Maceió foi CANCELADO

Grupo Gay de Alagoas – GGAL , organização não governamental, sem fins lucrativos e nem partidário, fundadora do movimento LGBT em Alagoas, fundada em 1993, e instituída em cartório em 1995, com o propósito de promover, defender os direitos humanos, sobretudo das minorias, e difundir políticas anti-discriminatórias a gays, lésbicas, travestis, transexuais e bissexuais, vem através desta nota tornar público a noticia a baixo.

A Parada do Orgulho LGBT ou simplesmente parada Gay, e uma série de eventos de ações afirmativas para a comunidade LGBT, que ao longo de 16 anos forma o Ciclo de Ativismo LGBT de Alagoas. No estado ela era realizada, regularmente ao longo dos anos anteriores, desenvolvendo ações nas áreas da “saúde, cultura, educação, geração de emprego e renda, entretenimento, esporte e lazer, entre outras.

Infelizmente, em virtude da falta de apoio do Governo do Estado de Alagoas e da Prefeitura Municipal de Maceió, viemos através desta nota informar a toda a imprensa , e a população alagoana, que a 16ª edição da PARADA DO ORGULHO LGBT DE MACEIÓ, evento reconhecido como cultural e turístico da cidade de Maceió, através de projeto de lei, e todo o CICLO DE ATIVISMO, que seria realizados de 5 a 11 de dezembro, foi CANCELADA.

Pedimos desculpas a todos, ao mesmo tempo em que lamentamos o ocorrido.

Maceió, 29 de novembro de 2016.

Nildo Correia – Pres. do GGAL e Organizador do Evento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *