Defende a família, a moral e os bons costumes, mais foi quem mais recebeu propina da Odebrecht
   Blog Diversidade   │     22 de julho de 2016   │     0:22  │  0

 A bíblia pode SIM e deve ditar regras na sua vida, pena que as mesmas não sirvam para que eu seja um homem melhor e sem máscara.

Deputado Givaldo Carimbão, o lobo na pele de cordeiro.

Enquanto eu aponto um dedo para você, tem quatro que me mostra quem realmente sou. Deputado Givaldo Carimbão, o lobo na pele de cordeiro.

Ele iniciou sua vida pública em 1989, onde foi eleito  vereador por Maceió, Givaldo de Sá Gouveia Carimbão é o seu nome, mais conhecido na politica através do nome social (Givaldo Carimbão). Vale lembrar que mesmo utilizando nome social, o deputado luta ferreamente em Brasilia para negar o direito de Travestis e Transexuais usarem o nome social.

Sem sombra de duvidas, o segundo Deputado Federal alagoano mais influente do Estado, não só por possuir uma boa relação com os gestores locais, onde negociando e preiteando sempre secretarias e outros, mas também por ter uma massa de seguidores (eleitores), que o mesmo adquiriu ao longo dos tempos, vendendo sua imagem como defensor da família tradicional, da boa moral e dos bons costumes. Infelizmente parece que a mascara começa a cair, pois o parlamentar é acusado de receber mais de 382 mil reais em propina da Odebrecht, uma organização global de origem brasileira, que atua nos setores de engenharia, infraestrutura, indústria, energia, transportes e meio ambiente no país, dinheiro este que poderia esta sendo utilizado para a melhoria de causas sociais, inclusive matando a fome de muitos cidadãos seguidores do deputado, que infelizmente são enganados por ele, através de sua pratica de politica fundamentalista.

E não para por ai, o deputado é um dos parlamentares do cenário nacional que mais se opõe contra os direitos reprodutivo de mulheres, negros, religiosos de matrizes africana e da população LGBT. Cito aqui como uma de suas piores e más ações, a defesa do  projeto de lei 6583/2013, que cria o Estatuto da Família, PL este que exclui os direitos de outras conjunturas de famílias. E se você acha que esse projeto só vem para tirar os direitos de famílias homoafetivas, esta mais que enganado, pois ele mexe e nega o direito até de mães e pais solteiro, netos que são criados por avós, e até crianças que não são criados por seus pais biológico. 

Seu vinculo politiqueiro, maldade e repulsa aos que não estudam em sua cartilha de politicagem não para por ai, durante a ultima audiência publica realizada na Câmara Municipal de Maceió, para discutir o plano municipal de educação, Givaldo de Sá Gouveia Carimbão, falou em voz alta e bom tom “que não trabalhava como parlamentar para certos seguimentos de algumas classes, a exemplo de religiosos de matrizes africana e LGBT, pois os mesmos não votaram e nem votam nele”. Normal esse tipo de postura para você? Para mim não, pois ele foi eleito para trabalhar não para alguns, mas sim para todo um estado, independente de cor, raça, gênero, orientação sexual, crença ou religião.

Tags:, ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *