Está longe de a homossexualidade ser uma questão de escolha ou estilo de vida
   Blog Diversidade   │     7 de junho de 2016   │     0:00  │  0

* Sinto atração por homem, mas não quero mais sentir, porque quero desejar mulher. Tenho um problema para transar com elas, o negócio não quer funcionar. Mas sofro muito por isso! Faz um tempo que estou infeliz, e minha família não sabe. Digo que fico nervoso, mas, na verdade, não sinto tesão. Meu último relacionamento acabou por não fazer sexo.

Querido leitor, nos últimos 20 anos, acumulamos evidências científicas satisfatórias para afirmar que a homossexualidade está longe de ser uma questão de escolha ou estilo de vida. Está enraizada na biologia humana, com um forte componente genético.

 Segundo os pesquisadores, nunca houve nem existirá sociedade em que a homossexualidade esteja ausente. É um fenômeno de natureza tão biológica como a heterossexualidade. Esperar que uma pessoa homossexual não sinta atração por outra do mesmo sexo é pretensão tão descabida como convencer heterossexuais a não desejarem o sexo oposto.

Sempre houve e haverá mulheres e homens que desejam pessoas do mesmo sexo, porque essa é uma característica inerente à condição humana.

Não há escolha

Com persistência e determinação, muitas pessoas podem controlar o comportamento sexual, mas não o desejo, pois é uma força da natureza íntima. Por isso, falamos que a gente não escolhe ter tesão por alguém do mesmo sexo, é uma questão de orientação sexual, não de opção como muitos ainda pensam. Então, dá para entender que você não tenha tesão por mulheres.

Lembre, não há quem consiga esconder de si mesmo suas preferências sexuais. Para que insistirmos no preconceito contra algo biologicamente inerente à condição humana?

Tags:, , , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *