QUEM A HOMOFOBIA MATOU HOJE: Rejeitado pela família, jovem gay de 16 anos se mata
   Blog Diversidade   │     6 de novembro de 2015   │     0:13  │  0

Desabafo de um amigo do adolescente Lui Aquino repercutiu nas redes sociais nesta quinta-feira (5).

Lui Aquino morreu na última terça-feira (13) | Fotos: Facebook

Lui Aquino morreu na última terça-feira (13) | Fotos: Facebook

Um desabafo publicado na noite da última quarta-feira (4/11) no Facebook viralizou e tem chamado a atenção de usuários da rede social. Na postagem, o jovem Gil Lima relata a morte de um amigo, que supostamente vítima da intolerância da própria família, resolveu se matar.

Segundo a publicação, o adolescente Lui Aquino, de 16 anos, cometeu suicídio na terça-feira (3), em Poá, interior de São Paulo.

“O garoto Lui Aquino sempre alegre e sorridente travava uma guerra dentro de si, pois vivia cercado dentro de sua própria familia por seres desumanos que o reprimiram e não aceitavam sua diferença sexual, se enforcou buscando na morte uma paz de espírito que não conseguia encontrar”, relatou o amigo.

A publicação no Facebook já tem mais de mil compartilhamentos e comentários, além de cerca de 14 mil curtidas. Na conta pessoal de Lui Aquino, diversos usuários deixaram mensagens de luto, pedindo também o fim da intolerância e da homofobia.

A morte de Lui também foi notícia no blog “Homofobia mata”, que registra os casos de mortes envolvendo homossexuais em todo o País.

Por : Alexandre Parrode

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *