Outubro Rosa: homens, travestis e transexuais se toquem !
   Blog Diversidade   │     2 de outubro de 2015   │     0:00  │  0

Diferenças que afetam o Diagnóstico Precoce do Câncer de Mama entre Homens e Mulheres.

Diferenças que afetam o Diagnóstico Precoce do Câncer de Mama entre Homens e Mulheres.

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama

O câncer de mama como se sabe é uma doença que atinge, principalmente, mulheres, porém contrariando o que muitos pensam a mesma também acomete os homens. As glândulas mamárias estão presentes tanto em pessoas do sexo feminino quanto masculino (em menor quantidade), por tanto, estas últimas também estão propícias a apresentar e desenvolver o câncer de mama, só que em menor proporção.

Para se ter uma ideia, em cada 100 casos em mulheres existe pelo ao menos um homem com o diagnóstico da doença, que neste caso é um tipo de câncer não muito frequente e vem sendo cada vez mais estudado. Estudos mostram que a média de idade dos homens que apresentam a doença varia de 50 a 70 anos. Na maioria dos casos a detecção é feita em estádio avançado, o que pode dificultar o tratamento podendo haver metástase. “O principal motivo dessa demora no diagnóstico é o preconceito. Pelo fato do câncer de mama ter as mulheres como alvo, na maioria das vezes, há falta de conscientização sobre a importância dos exames de rotina. Entre as principais causas da doença nos homens, estão as alterações genéticas e hormonais, alimentação rica em gorduras, excesso de álcool ingerido, além do uso de anabolizantes ou de hormônios.

A melhor maneira de combater a mesma é a informação orientando os homens quanto a possibilidade deles também apresentarem o processo. Quando existe a queixa de um nódulo a forma de diagnóstico utilizado para detectar o câncer de mama masculino é feito através do histórico do paciente e de exames como mamografia, ultrassonografia e biópsia do tumor. O tratamento dependerá do estádio do tumor, podendo ser feito através de cirurgia, radioterapia ou quimioterapia. 

O médico ressalta, ainda, a importância do auto-exame independente do sexo. Observando qualquer irregularidade, deve-se procurar o auxílio de um especialista. Além disso, a prática de exercícios físicos juntamente a uma alimentação balanceada são os maiores aliados na prevenção dessa doença.

Travestis e transexuais também são vitimas do câncer de mama, independente do sexo  estamos sujeitos a desenvolver um câncer de mama, embora a maioria dos casos conhecidos tenham ocorrido com mulheres. A prótese de silicone utilizada tanto por transgêneros quanto por mulheres deve ser vista como um fator a mais para a realização periódica de exames para prevenção, pois esse material tende a “camuflar”, “dificultar” a existência de nódulos no seio, procedimento que deve ser realizado, preferencialmente, por médicos, mas que não dispensa a prática do auto-exame.

Sinais e Sintomas do Câncer de Mama em Homens

Os homens precisam saber que o câncer de mama não é restrito apenas às mulheres, os possíveis sinais de câncer de mama em homens incluem:

  • Protuberância ou inchaço, geralmente (mas nem sempre) indolor.
  • Pele ondulada ou enrugada.
  • Retração do mamilo.
  • Vermelhidão ou descamação da pele da mama ou do mamilo.
  • Inchaço nos linfonodos axilares.

Estas alterações não são sempre causadas pelo câncer. Por exemplo, a maioria dos nódulos de mama em homens é causada por ginecomastia. Portanto, se você notar qualquer alteração nas mamas consulte imediatamente um médico para poder realizar o diagnóstico.

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *