Papa participa de cerimônia com transexuais e bispo gay nos EUA
   Blog Diversidade   │     24 de setembro de 2015   │     0:00  │  1

Americanos convidaram ativistas transexuais e o primeiro bispo episcopal assumidamente gay do país para cerimônia com o Papa na Casa Branca.

O Papa chegou no fim da tarde de terça-feira (22) aos Estados Unidos e foi recebido pelo presidente Barack Obama depois da viagem de quatro dias a Cuba.

O Papa chegou no fim da tarde de terça-feira (22) aos Estados Unidos e foi recebido pelo presidente Barack Obama depois da viagem de quatro dias a Cuba.

Na última missa celebrada em Cuba, no Santuário da Virgem da Caridade do Cobre, o Papa Francisco fez um apelo pela reconciliação e pelo ativismo e defendeu que a Igreja saia de seus templos para acompanhar a vida. “Queremos ser uma igreja que saia de casa para construir pontes, derrubar muros e semear a reconciliação”, disse.

O Papa foi aclamado pelo povo no caminho até o aeroporto. O presidente cubano, Raúl Castro, que não perdeu nenhuma celebração de Francisco na ilha, acompanhou todo o trajeto de Francisco até a despedida na escadaria do avião.

Em uma entrevista concedida durante o voo para os Estados Unidos, Francisco disse que espera que o Congresso americano encerre o bloqueio econômico à Cuba, mas que não pretende abordar o tema quando falar no Congresso na quinta-feira (24).

A chegada a Washington aconteceu no final da tarde de terça (22). O presidente Barack Obama foi pessoalmente à base área da capital americana para receber o pontífice, uma honra concedida a pouquíssimos chefes de Estado.

Depois o Papa embarcou em um pequeno carro econômico para ir à representação diplomática da Santa Sé, onde fica hospedado.

Na quarta-feira (23), Francisco foi recebido na Casa Branca. Ele e o presidente Obama  conversaram reservadamente sobre assuntos diversos, entre eles a imigração e a justiça social. Todo mundo que Obama e Francisco compartilham valores, a questão é como fazer com que esses valores se transformem em ações.

Nem tudo são flores. O encontro vai ter uma cerimônia pública e os americanos convidaram ativistas transexuais, o primeiro bispo episcopal assumidamente gay do país e uma freira que lidera um grupo contra a condenação do aborto e da eutanásia. O Vaticano não gostou nada dessa lista.

Tags:, , , , ,

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Ronaldo

    Esse papa é um representante dos homens, por isso agrada ao mundo, Malafaia é representante de Deus, por isso a rejeição, Jesus disse: Se eles odiarão a mim, imagine vocês, sempre quem se posicionar contra o pecado vai ser rejeitado pelos homens, Jesus está voltando!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To use BrandCaptcha you must get an API Key