Thammy Vs Feliciano. Por pouco não saiu foi tapa !
   Blog Diversidade   │     5 de março de 2015   │     0:00  │  0

A atriz e dançarina Thammy Miranda, de 32 anos, filha da também cantora Gretchen, protagonizou um momento de tensão com um dos deputados da bancada evangélica, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), durante uma gravação do programa Raul Gil, do SBT, na última segunda-feira (23). Os dois participaram de uma gravação do quadro “Elas Querem Saber” e o desentendimento começou quando o religioso chamou a atriz de “anta” e defendeu a cura dos homossexuais.

De acordo com a socialite Val Marchiori, que publicou em seu blog os bastidores da atração, o debate entre o deputado e a atriz foi marcado por discussão, xingamento, microfone cortado e muita polêmica. “Se teve discussão, foi pelas ideias, nada de baixaria! Mas posso dizer que foi quente, com aquele foguinho que fica no telão atrás do convidado durante o tempo todo da gravação”, adiantou Val.

A gravação ainda deve ir ao ar pelo SBT, mas a diplomacia que a socialite tentou passar com a publicação no blog, passou longe. Pelo menos quando o assunto foi homossexualidade. No momento em que Marco Feliciano começou a defender a “cura” dos homossexuais, o religioso chamou Thammy de “anta”. A reação da cantora foi imediata e ela partiu para cima do parlamentar. O diretor do programa, na ocasião, interviu para evitar uma agressão e cortou o microfone de ambos para amenizar a discussão.

“Feliciano acredita na cura gay, é contra o casamento homossexual, e tudo mais. E Thammy, claro, é contra essas ideias! Assim como eu e a Penélope (um das participantes da atração). Como em 2015, a gente tenha que discutir coisas como essas? O clima foi ficando tenso, até que o deputado chamou Thammy de anta e ela quase foi pra cima! O Raulzinho, nosso diretor, teve que cortar o microfone dele, e tentar acalmar os ânimos. Mas Thammy não quis saber, disse que se o Feliciano não deixava fazer as perguntas que queria, preferia sair do palco. E saiu”, relatou Marchiori.

Outro momento que chamou a atenção do programa foi o “testemunho” de Marco Feliciano. O deputado chegou a afirmar que ele e sua família sofriam muito preconceito. A justificativa: a origem pobre. “Outro momento tenso foi quando ele contou que sofria muito preconceito, ele e sua família, por ser de origem pobre, por ser pastor e tudo mais. Thammy, na hora, começou a falar: ‘Bem feito! Tem que sofrer mesmo! Aqui se faz, aqui se paga’”, explicou a socialite.

 

Fonte: Socialite Val Marchiori

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *