Reino Unido: Autoridades culpam o Grindr pelo aumento de DST
   Blog Diversidade   │     18 de janeiro de 2015   │     0:00  │  0

No Reino Unido houve um aumento no contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Os casos de gonorreia saltaram de 25.577 para 29.291, um aumento de 15% entre 2012 e 2013. Já a contaminação por sífilis aumentou 9%, indo de 2.981 casos para 3.241.

Peter Greenhouse, da Associação Britânica de Saúde Sexual e HIV, e culpa os aplicativos de encontros (Tinder, Grindr, Hornet…) por esse aumento significativo.

“Você não precisa ser um gênio para perceber que esses aplicativos fazem do sexo casual uma coisa fácil. Você pode encontrar, em um ou dois metros, a pessoa mais próxima disponível que está interessada. É algo que não estava disponível antes. Graças ao Grindr ou Tinder, você pode pegar clamídia em cinco minutos”.

Para defender a empresa, o porta-voz do Grindr, Justin Howard, afirmou que a empresa tenta promover sexo seguro e que lista clínicas onde usuários podem fazer testes. No país, o Grindr tem como política proibir menção de usuários que procuram barebacking (sexo sem preservativo) e removem perfis que violam essas regras.

Tags:, , , , , , , , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *