“Tenho orgulho de ser gay”, diz CEO da Apple
   Blog Diversidade   │     1 de novembro de 2014   │     0:00  │  0

Tim Cook disse para revista que decidiu assumir publicamente sua orientação para ajudar pessoas que sofrem por serem homossexuais

O CEO de uma das empresas com maior valor de mercado no mundo atualmente, Tim Cook, revelou ter orgulho de ser homossexual. O presidente executivo da Apple assumiu publicamente sua orientação hoje para a revista “Business Week”.

“Apesar de nunca ter negado minha sexualidade, nunca a reconheci publicamente, até agora. Então deixe-me ser claro: tenho orgulho de ser gay, e considero que ser gay é um dos maiores dons que Deus me deu.”

Cook disse ser discreto e por este motivo nunca comentou o assunto, mas decidiu falar sobre o tema para ajudar outros homossexuais. “Percebi que meu desejo por privacidade me segurou de fazer algo mais importante”.

Ele explicou que sua orientação o ajudou a compreender o que significa ser minoria. Isto o teria tornado uma pessoa mais empática, o que o levou a ter uma vida melhor.

Segundo Cook, muitas pessoas ainda sofrem nos Estados Unidos por serem homossexuais apesar dos avanços na legislação que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo em alguns estados do país.

“Incontáveis pessoas, em especial crianças, encaram medo e abuso todos os dias por conta da orientação sexual.”

Embora não se considere um ativista da causa, o presidente afirmou que na Apple todos já sabiam de sua orientação há bastante tempo. Ele disse ainda compreender que sua posição como líder na empresa é importante.

“Ouvir que o CEO da Apple é gay pode ajudar alguém que luta para ser ele mesmo ou trazer conforto para quem se sente sozinho.”

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *