T-Lovers, os admiradores de Travestis, Crossdressers e Transexuais
   Blog Diversidade   │     11 de abril de 2014   │     10:22  │  15

Muitas pessoas sabem o que é gay, lesbica, bissexuais, travestis e transexuais. Mas muita gente não sabe o que são os T-Lovers, os admiradores de Travestis, Crossdressers e Transexuais.

Muita gente acha que os homens que gostam de travestis são gays. Tempos atrás este assunto veio a discussão em debate. Isso foi quando as pessoas tinham muitas dúvidas sobre a sexualidade .

Adotei essa última hipótese e me considero hetero. Sou um homem que gosta de mulher biológica, travestis, crossdressers e trans. Mas o que é o T-Lover, afinal de contas?

T-Lover é a pessoa que admira Travestis e Transexuais. Um homem que ama, sente tesão e atração por Travestis e Trans. Eu sou a prova disto, pois eu gosto muito de Travestis. Sou louco por elas e não conseguiria ser um homem completo sem exercer essa orientação.

Para mim travestis tem algo especial: uma sensualidade e um charme que me atrai (e que me deixa louco de paixão e com certeza de tesão….).

T-Lover não é simplesmente aquele homem casado que sai às escondidas para fazer programa com uma travesti. T-Lover é um cara que quer ter uma relação emocional e duradoura com uma travesti ou transexual.

Muitos se passam por T-Lover para conseguir sexo com as travestis e depois as abandona. Esse comportamento e acaba por gerar uma imagem negativa associada à palavra T-Lover.

Eu já fiquei com diversas travestis, já tive relações sexuais com elas e atualmente estou conhecendo uma crossdresser de Brasília chamada Melissa. Apesar da distância geográfica nós nos identificamos muito bem e temos planos de nos ver pessoalmente.

Sou T-Lover assumido. Gosto mesmo de Travestis e não pense que nós não sofremos preconceito. No meu antigo emprego, na qual eu pedi para sair, eu tinha meio que ocultar o meu real gosto por elas. Às vezes dava uma aliviada e soltava um comentário sobre travestis. Tinha gente que já começava a dizer “Gosto muito de mulher!” , como se a sexualidade do indivíduo estivesse em xeque!

Faz um tempo encontrei com uma travesti que mora em Cascadura (RJ), beijei-a em público, andamos abraçadinhos e algumas pessoas que passavam por nós nos olhavam com aqueles olhares estranhos e outros davam risadinhas, mas eu nem ligava e seguia firme e forte. Pena que o relacionamento não deu certo, mas temos a vida toda pela frente e muitas águas ainda vão rolar!

O que eu quis relatar aqui é um pouco sobre a vida de um T-Lover através de uma experiência pessoal. Que também é intransferível. Só vivenciando pra saber.

Tags:, , , , , , , , ,

>Link  

COMENTÁRIOS
15

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. silva

    tudo coisa do satanás,saiam deste mundo escuro em quanto é tempo para que sua alma tenha paz,pois esta chegando o dia para devolve-la,a decisão é sua.A DEUS OU O DIABO.

    Reply
    1. Carla Bispo

      Bate no diabo com a ponta da saia irmã. Queima a cara do capeta com óleo ungido fervendo. kkkkkkkkk… Olha, vou te contar eh, é muita gente alienada neste mundo. Vai ler um livro, nem que seja de alto ajuda, fazer caridade, empenhar o que vc gasta de dizimo com obras assistenciais, ou ate quem sabe procurar um lavado de roupa. O diabo esta na vida de gente como vc, que acredita, prega e roga todos os dias pelo nome dele.

      Reply
    2. Jonathan 'Hamelin' Malavolta

      Nem a um nem a outro, nenhum dos dois existe. Ou melhor, uso a expressão que Carl Sagan usou décadas atrás sobre sua crença em deus e diabo (redundância pois o diabo TAMBÉM é um deus):

      “Deus e diabo só existem na imaginação fértil de quem crê neles”.

      Sendo assim, acho que seria mais valia você guardar esse seu tipo de discurso para páginas cristãs, já que é neles que encontrará tais pessoas de imaginação fértil. Também tenho imaginação fértil mas a uso de outra forma e assumo que é para escrever livros de ficção, não fico apregoando aquilo que crio como algo existente. Seja homem de verdade e assuma também que suas criações, deus e diabo, são personagens de ficção.

      Atenciosamente, Jonathan ‘Hamelin’ Malavolta, músico, enxadrista e escritor, e agora um t-lover indignado com sua ousadia em discursar isso em uma página voltada para lgbt’s, t-lovers e simpatizantes em geral.

      Reply
    3. Samuel Silva

      Até aonde chega a hipocrisia de certos seres humanos…se você acha que este assunto é coisa do seu Diabo,(bode expiatório para suas próprias falhas) então, o que fazes aqui? kkkk é por causa de pessoas como você, que os verdadeiros cristãos estão sofrendo ofensas…Desapega e vai procurar algo melhor pra fazer, porque você está no local errado meu caro.

      Reply
  2. Anonimo

    eu tb sou, mais ou menos um T-lover, mas gosto apenas das mais femininas o possivel, e penso em algum dia tentar quem sabe um namoro com alguma……legal saber que existem mais pessoas com a mente aberta sobre estes assuntos,(e odo o apoio pra voce ai!!!)(e só de trans, nao de crossdressers nem de sissys, apenas de quase mulheres, por uma minima diferença, meio que obvia, e tb nao tenho atraçao alguma por homens.)

    Reply
  3. Anonimo

    eu tb sou, mais ou menos um T-lover, mas gosto apenas das mais femininas o possivel, e penso em algum dia tentar quem sabe um namoro com alguma……legal saber que existem mais pessoas com a mente aberta sobre estes assuntos,(e odo o apoio pra voce ai!!!)(e só de trans, nao de crossdressers nem de sissys, apenas de quase mulheres, por uma minima diferença, meio que obvia, e tb nao tenho atraçao alguma por homens.)

    Reply
    1. Jonathan 'Hamelin' Malavolta

      Santa ignorância! Já foi cientificamente provado, o sexo é definido por uma série de ligações eletródicas e reações químicas que ocorrem a nível encefálico, nada a ver com genitália. Genitália só presta para excretar urina e para procriação da espécie, mais nada. Sendo assim, é o supra sumo da ignorância continuar afirmando quem é homem ou mulher tendo por base a sua genitália externa, visível. Vá estudar (mal não lhe fará).

      Reply
  4. Jonathan 'Hamelin' Malavolta

    Nildo Correia, aceita uma crítica? Não tem relação com seu texto mas com o blog de modo geral. Eu acho que você deveria suprimir essa regra quanto a multiplicidade de nomes sob um mesmo ip, já que essa questão é complexa. Para começo de conversa, hoje em dia o ip é dinâmico e está em constante mudança, sem contar que muita gente não tem acesso à internet em casa e acaba recorrendo a lan houses, ciber cafés e similares. Outros ainda acessam de clubes ou da casa de parentes e amigos, sem contar que conexões via rádio (o caso da minha) costumam distribuir ips por regime de comodato, o que pode fazer com que residências diferentes possam vir a utilizar o mesmo tempo (desculpe a ignorância em computação e informática, ainda sou bastante leigo no assunto). Considero também a possibilidade de 2, 3 ou mais pessoas de uma mesma família (que morem juntas) virem comentar por aqui.

    Bem, é isso. Abração e parabéns pelo blog e pela temática escolhida.

    Reply
  5. Samuel Silva

    Gostei muito do seu texto, adorei conhecer um pouco sobre a experiência que você teve. Eu também sou um T-lover e já tive um envolvimento com travestis, é difícil explicar ou definir o sentimento, mas é algo muito bom, é como se tudo dentro de mim fosse preenchido, tudo, me sinto em paz, compreendido, e uma série de sentimentos similares. Travestis são muito lindas, carinhosas e pessoas finas, a maioria delas claro. Atualmente estou solteiro, mas se rolar algo com alguma trans ou travesti, eu vou investir, porque vale muito a pena. São pessoas maravilhosas e deixo aqui um abraço grande a você meu caro, a os demais T-lovers e a todas as T-girls.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *