Google usa “doodle” para protestar contra a homofobia de Vladimir Putin
   Blog Diversidade   │     8 de fevereiro de 2014   │     0:00  │  0

Arrancam, esta sexta-feira, os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, na Rússia e a Google não quis deixar passar a data em branco, aproveitando para criticar a homofobia que tem marcado os preparativos para o certame. O “Doodle” junta as cores do arco-íris com a simbologia olímpica.

Fazendo uso de mais um dos seus já conhecidos “doodles”, que adornam a página inicial do motor de busca em ocasiões especiais, a

Google usa “doodle” para atacar Vladimir Putin

Google ilustra, esta sexta-feira, a ideia da Carta Olímpica, salientando que “todas as pessoas devem ter a possibilidade de praticar desporto sem qualquer tipo de discriminação”, conforme o ideal olímpico que os jogos preconizam.

Para além da mensagem escrita, também as cores utilizadas não foram deixadas ao acaso: o “doodle” usa as cores da bandeira “arco-íris”, símbolo do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros) como bandeira das minorias sexuais.

A Rússia tem sido fortemente criticada pela comunidade internacional por ter aprovado diversas leis contra a homossexualidade, que não se coadunam com o espírito olímpico. Muitos atletas têm, inclusive, demonstrado algum receio em participar nesta edição dos Jogos Olímpicos de Inverno por medo de represálias quanto à sua orientação sexual e alguns defensores dos Direitos Humanos tentaram boicotar a competição por diversas vezes.

Ainda ontem, quinta-feira, um conjunto de mais de 200 escritores publicou uma carta aberta no jornal britânico “The Guardian”, denunciando as leis russas contra a propaganda “gay” e a blasfémia como contrárias à liberdade de expressão.

Para amainar a confusão, o presidente russo Vladimir Putin veio a público assegurar que todos os desportistas e amantes do desporto são bem vindos a Sochi, independentemente da sua orientação sexual.

A Carta Olímpica foi adotada pelo Comité Olímpico Internacional, servindo como “código dos Princípios Fundamentais, Regras e Estatutos” para a organização dos Jogos Olímpicos.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *