Um novo papa, mas nada de novo para os direitos das pessoas LGBTI no Vaticano
   Blog Diversidade   │     14 de março de 2013   │     17:04  │  0

Artigo

 

por: Gloria Careaga e Renato Sabbadini – Co-Secretários Geral da ILGA -Internacional de Lésbicas, Intersex, Gays, Bissexuais e Transexuais

 

Embora a eleição de um papa deveria estar em um mundo normal motivo de preocupação apenas para pessoas que seguem o ensino da religião católica, a influência da Igreja Católica Romana tem para muitos governos e autoridades que governam a vida dos católicos e dos não-católicos, a preocupação mandados e ativistas LGBT e organizações, na maioria dos países do mundo em relação à eleição de Francisco I.

 

Mesmo que muito novo para a Igreja Católica na eleição do Cardeal Bergoglio – o primeiro na América Latina, o primeiro jesuíta, o primeiro a adotar o nome de Francisco – muito pouco vai mudar em relação à posição de hierarquias do Vaticano sobre orientação sexual e identidade de gênero. Bergoglio feroz oposição às leis de casamento e folhas de gênero homossexuais identidade argentina de terra pouco de esperança, mas desde o início do movimento LGBTI conclave estava ciente de que nenhum de “papáveis” poderia realmente ser considerado como um potencial líder progressista da Igreja Católica Romana.

 

No entanto, se o novo papa é verdadeiramente empenhada na luta contra a injustiça da pobreza, então você também deve perceber que as pessoas marginalizadas por sua orientação sexual e identidade de gênero encerra o ciclo de pobreza e exclusão social como outros.

 

Ativistas LGBTI e organizações seculares, que não querem entidades religiosas interferir no gozo de seus direitos humanos e ativistas LGBT e organizações religiosas, que procuram mudar a estrutura opressiva de suas igrejas a partir de dentro, vai ter que unir forças em um novo lutar pela libertação de todos os homens e lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersex, independentemente de sua fé ou a falta dela.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *