Ativistas do Femen ficam seminuas para protestar durante oração do Papa Bento XVI
   Blog Diversidade   │     15 de janeiro de 2013   │     0:00  │  4

 

As militantes exibiam no peito a expressão “Cale a boca” e nas costas ‘In gay we trust’, alusão a ‘In god we trust’ (Em Deus confiamos, lema oficial dos Estados Unidos)

Enquanto o papa Bento XVI realizava a tradicional benção dominical da oração de Ângelus da janela de seu apartamento neste ultimo domingo, 13, no Vaticano, ativista do grupo feminista Femen protestaram seminuas na Praça de São Pedro.As mulheres exibiam cartazes e frases no corpo em defesa dos gays. De acordo com informações da AFP, quatro mulheres se posicionaram ao lado da Árvore de Natal na praça, diante da Basílica de São Pedro, e  quando o pontífice apareceu em sua janela para o Ângelus, elas começaram a se despir, e em segundos mostraram os seios no meio dos fiéis.

Ainda de acordo com a publicação, as militantes exibiam no peito a expressão “Cale a boca” e nas costas ‘In gay we trust’, alusão a ‘In god we trust’ (Em Deus confiamos, lema oficial dos Estados Unidos) e algumas exibiam cartazes nos quais estava escrito em letras garrafais “Cale a boca”. A ação durou apenas alguns minutos e elas foram imediatamente detidas.

O Femen é conhecido desde 2010 por suas ações de ‘topless’, principalmente em Rússia, Ucrânia e Inglaterra. Em setembro, elas criaram em Paris “o primeiro centro de treinamento” do “novo feminismo”. Essas feministas defendem também a democracia e o combate à corrupção.

>Link  

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Antonio

    Gosto de ler suas manifestações. Apoio seu direito de lutar contra a homofobia só não entendo o porque de manisfetar-se tanto com preconceito em relação aos evangélicos. O fato de 4 líderes (eu mesmo sou apenas 1 cristão e não vejo em alguns desses a mão do Senhor como pastores) evangélicos terem passaporte diplomático está em consonância com o costume e as leis brasileiras. Você acha que líderes católicos também não possuem esse passaporte? Agora na guerra existe a capelania, geralmente exercida por 1 sacerdote católico, evangelico, já vi também que por lideres das religiões de matrizes africanas. Todos tem direito ao seu credo e devemos defender isso. Não se compara a entidade que representa a comunidade LGBT com as Igrejas Cristãs e demais representações religiosas, pois são de natureza diversa. As religiões proselitistas, que aceitam adeptos como o Cristianismo, o Islã, o Judaísmo, o Cadomblé etc, que tem em seus estatutos espalhar pela mudno sua pregação sua doutrina e seus ensinamentos pela lei brasileira têm proteção ao seu culto e a sua liturgia, proteção não quer dizer patrocínio (antes que me julgue mau). A entidade representativa da comunidade LGBT é como as nossas Associações Cristãs sem fins lucrativos não acha? Congrega pessoas com um ideal comum, objeto lícito… sem capelania, sem culto, sem liturgia etc?
    Conheço muito gay que em matéria de caráter dá show em alguns falsos profetas mas não se deve travar uma guerra onde de uma lado estão evangélicos e do outro gays, isso tá tomando o caminho errado. Os evangélicos têm filhos gays também, e nenhum deles gostaria de vê-lo mal tratado pela sociedade ou mal assistido pelo Estado, pois são cidadãos como todos os outros. Não são de 2ª classe! Perante a lei brasileira todos somos iguais em deveres e direitos. A vida é pra ser vivida com alegria e falsos profetas em vez de pregar o amor de Deus e a salvação em Jesus Cristo segundo nossa fé tão perdendo tempo aparecendo na mídia como Santos Inquisidores contra os gays, acho isso errado. Mas como Cristão também tenho meus pontos de vista. Não tenho esse direito só porque são contra os de outra pessoa? Eu sei que o que você fala ou escreve tem fundamento na sua vivência porque o preconceito realmente machuca as pessoas mas não devemos nos deixar vencer. Isso vai acabar criando um novo preconceito: Crente é anti-gay? Isso não é verdade, mas os gays ou qulquer outro grupo não pode querer decidir sobre a liturgia e o culto de nenhuma religião! Se o Estado aprovar o casamento gay, beleza, não sou gay não vou me casar ou ser obrigado a casar com outro homem! Mas também as instituições cristãs não podem ser obrigadas a realizarem tais casamentos, não acha? Enquanto Estado laico, o Estado Brasileiro deve decidir o melhor pra os seus cidadãos e se os gays são cidadãos brasileiros plenos, estender a todos eles os direitos. Pagam impostos, compram, trabalham e não podem viver sob o mesmo teto? Isso não seria justo!

    Reply
    1. Blog Diversidade Post author

      Prezado Antonio.

      Dé mais uma lida. E verá que nossa luta não é contra os Evangélicos e sim contra os fundamentalistas.

      Reply
  2. Antonio

    Gosto de ler suas manifestações. Apoio seu direito de lutar contra a homofobia só não entendo o porque de manisfetar-se tanto com preconceito em relação aos evangélicos. O fato de 4 líderes (eu mesmo sou apenas 1 cristão e não vejo em alguns desses a mão do Senhor como pastores) evangélicos terem passaporte diplomático está em consonância com o costume e as leis brasileiras. Você acha que líderes católicos também não possuem esse passaporte? Agora na guerra existe a capelania, geralmente exercida por 1 sacerdote católico, evangelico, já vi também que por lideres das religiões de matrizes africanas. Todos tem direito ao seu credo e devemos defender isso. Não se compara a entidade que representa a comunidade LGBT com as Igrejas Cristãs e demais representações religiosas, pois são de natureza diversa. As religiões proselitistas, que aceitam adeptos como o Cristianismo, o Islã, o Judaísmo, o Cadomblé etc, que tem em seus estatutos espalhar pela mudno sua pregação sua doutrina e seus ensinamentos pela lei brasileira têm proteção ao seu culto e a sua liturgia, proteção não quer dizer patrocínio (antes que me julgue mau). A entidade representativa da comunidade LGBT é como as nossas Associações Cristãs sem fins lucrativos não acha? Congrega pessoas com um ideal comum, objeto lícito… sem capelania, sem culto, sem liturgia etc?
    Conheço muito gay que em matéria de caráter dá show em alguns falsos profetas mas não se deve travar uma guerra onde de uma lado estão evangélicos e do outro gays, isso tá tomando o caminho errado. Os evangélicos têm filhos gays também, e nenhum deles gostaria de vê-lo mal tratado pela sociedade ou mal assistido pelo Estado, pois são cidadãos como todos os outros. Não são de 2ª classe! Perante a lei brasileira todos somos iguais em deveres e direitos. A vida é pra ser vivida com alegria e falsos profetas em vez de pregar o amor de Deus e a salvação em Jesus Cristo segundo nossa fé tão perdendo tempo aparecendo na mídia como Santos Inquisidores contra os gays, acho isso errado. Mas como Cristão também tenho meus pontos de vista. Não tenho esse direito só porque são contra os de outra pessoa? Eu sei que o que você fala ou escreve tem fundamento na sua vivência porque o preconceito realmente machuca as pessoas mas não devemos nos deixar vencer. Isso vai acabar criando um novo preconceito: Crente é anti-gay? Isso não é verdade, mas os gays ou qulquer outro grupo não pode querer decidir sobre a liturgia e o culto de nenhuma religião! Se o Estado aprovar o casamento gay, beleza, não sou gay não vou me casar ou ser obrigado a casar com outro homem! Mas também as instituições cristãs não podem ser obrigadas a realizarem tais casamentos, não acha? Enquanto Estado laico, o Estado Brasileiro deve decidir o melhor pra os seus cidadãos e se os gays são cidadãos brasileiros plenos, estender a todos eles os direitos. Pagam impostos, compram, trabalham e não podem viver sob o mesmo teto? Isso não seria justo!

    Reply
    1. Blog Diversidade Post author

      Prezado Antonio.

      Dé mais uma lida. E verá que nossa luta não é contra os Evangélicos e sim contra os fundamentalistas.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *