TV brasileira aberta terá seu primeiro ator trans-homem
   Blog Diversidade   │     5 de outubro de 2012   │     9:39  │  2

Acompanhada do elenco e diretor Marcos Schechtman, a autora Glória Perez apresentou a novela “Salve Jorge” na manhã desta terça-feira 2 no Projac. O novo folhetim das 21h, que tem 22 de outubro como previsão de estreia, terá nomes como Flávia Alessandra, Rodrigo Lombardi, Claudia Raia e Vera Fischer. Apesar de um time recheado de veteranos, Thammy Gretchen, novata nesse grupo de atores consagrado, tem chamado atenção na nova trama da Globo.

Segundo boatos

Thammy Miranda, filha  da cantora  Gretchen, estaria caidinha por uma outra atriz global, que também está  no elenco de “Salve Jorge”. A cantora, que começou a gravar no último  sábado (15) suas primeiras cenas do folhetim, terminou recentemente o  namoro com a cabeleireira Linda Barbosa.

De acordo com o jornal  Extra, a atriz  que Thammy estaria interessada também é lésbica e já até namorou uma  cantora famosa.  Mesmo sofrendo preconceito por atores veteranos,  Miranda foi muito bem recebida por Giovanna Antonelli, Marcello Airoldi e  Nanda Costa no Projac.

É, por enquanto ninguém sabe ao certo muito sobre Thammy e Joyce. O fato é que a novela ainda nem entrou no ar e ela já está causando. De uma forma de outra e para nossa alegria, os LGBT tem conquistado seu espaço na telinha. A gente agradece.

Conquista

Pode não ser e nem parecer muito, mais na história da TV brasileira, é a primeira vez em quem um trans-homem assumidamente participa de um elenco de novela, em uma TV aberta. Como tudo ainda esta em suplay, não se sabe ao certo qual o desfecho desta história, ao mesmo tempo em que torcemos que a autora da novela Salve Jorge “Gloria Perez” aproveite a oportunidade e aborde esta questão ainda anônima e sem quase nenhuma abordagem direta, que sirva como informação para os espectadores.

Sabe se ao certo que milhares de trans-homem  circulam e vivem no anonimato, alguns já passaram pela cirurgia de readequação de sexo e retirada das mamas, outros ainda aguardam ou não sabe a que ou quem recorrer.

Estes números ultrapassam por muito o que geralmente se pensa. Fora da atenção pública, estes homens lutam contra muitos problemas físicos, médicos, familiares, sociais, legais, e de emprego enquanto transicionam arrumam suas novas vidas. Depois de resolver as dificuldades tópicas de uma transexualidade de gênero, a maioria deles vivem de modo furtivo e deixam o passado para trás. Geralmente o escondem para evitar o preconceito social e para prosseguir com a nova vida. Os sucessos pessoais destes homens asseguram que se assimilam e se misturam bem dentro da sociedade, com resultado que o quase impossível que alguém perceba que tivessem um passado transexual.

>Link  

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Re

    Nossa não acredito nisso Gloria Perez,aprendi a te adimirar com suas novelas maravilhosas ,super criativas, mais e isso for mesmo verdade não vai ter credito nenhum ,nem ibope poxa pensa nas nossas crianças pensa nas nossas familia acho que quando o homossexuais ,gay by seja la o que for escolhe ser temos que respeitar as decições mais é de mais tudo que se passa nas novelas querendo ou não , influencia e muito os jovens ..

    NÃO FAÇA ISSO POR FAVOR…

    ”Pelo que Deus os abandonou as paixões infames.porque até as mulheres mudaram o uso natural.
    E semelhantemente ,também os varões, deixando o uso natural da sua mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros varão com varão,cometendo torpeza e recebendo em si mesmo a recompensa que convinha ao seu erro……romanos cap 1 ver26,27

    Reply
    1. Blog Diversidade Post author

      Prezado Na Moda Fashion,

      Se a Bíblia condena os homossexuais, logo, Deus é preconceituoso !?

      Em pleno século 21, há quem baseie suas convicções em trechos de um livro sagrado que se opõe à união homo afetiva, não importa se o convênio estabelecido entre o casal homossexual envolva amor genuíno. Obedecem a dogmas ferrenhos, como se Deus, que é totalmente justo e bom, fosse um Ser intolerante e um adversário de pessoas que tiveram por opção se sentirem atraídas por quem é do mesmo sexo que elas. Será mesmo que certos religiosos creem sinceramente servir a um Deus amoroso? Bem difícil acreditar nisso em face das evidências canônicas.

      Se um dogma incute a Deus um atributo que o torna preconceituoso, é bem lógico que essa doutrina deva ser rechaçada por ser obsoleta, intolerante e maligna.

      Eis os textos que alguns religiosos consideram corretos e utilizam para justificar seus preconceitos usando o nome de Deus:

      “Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.” Romanos 1:26-27

      “Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação.” – Levítico 18:22

      “Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas.” – 1 Coríntios 6:9

      Se naquela época a bíblia segundo vcs, já dizia isto, imagine nos dias de hoje, o que ela não diria, traduzida pelos lunáticos.

      Abominação é ser ceifada a escolha que todo ser humano tem de se aderir à orientação sexual de sua preferência.

      Dizer que essas doutrinas provém de Deus é insultar o Criador.
      E outra, se esse ser de luz é esse monstro que se pinta, eu não quero nem imaginar nem conhecer o ser imaginário vulgo canela de taboca, papa enxofre, cabruco. Satanás.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *