Uma luz no fim do túnel
   Blog Diversidade   │     2 de setembro de 2012   │     1:00  │  0

O presidente da ABGLT, Toni Reis, esteve reunido nesta terça-feira, 28 de agosto, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-presidente brasileiro se reuniu com representantes dos movimentos sociais e, pela primeira vez, a ABGLT foi ouvida por Lula.
Aproveitando o encontro, Toni Reis pediu a Lula que sensibilize o governo Dilma Rousseff para dar maior atenção à população LGBT brasileira, especialmente que cumpra todos os compromissos firmados com a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais do Brasil. O encontro entre o ex-presidente Lula e o presidente da ABGLT, aconteceu na sede do Instituto Lula, em São Paulo, SP.
Essa crítica está se generalizando e afetando o PT, o partido da presidente, nas mais diferentes áreas. Há poucos dias também, o presidente do Setorial Nacional LGBT do Partido dos Trabalhadores, Julian Rodrigues, divulgou uma nota criticando a ausência de diálogo com o governo.
Os anos de Presidência de Luiz Inácio Lula da Silva são marcados pelo avanço institucional no reconhecimento de direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). Enquanto o Executivo federal promoveu a primeira conferência nacional sobre o tema, iniciou a implementação do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT e criou o Conselho Nacional Combate à Discriminação e o Poder Judiciário deu ganho de causa em mais de 780 ações para a união estável, direito de adoção e condenações a práticas discriminatórias; o Legislativo ainda não aprovou o projeto de lei, em tramitação desde 2001, que define os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, origem, condição de pessoa idosa ou com deficiência, gênero, sexo, orientação sexual ou identidade de gênero. “Infelizmente o governo atual, mesmo sendo governado pelo partido que governava anteriormente, não tem a mesma sensibilidade”.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *