A arte imita a vida “Time nenhum vai querer um gay no vestiário”
   Blog Diversidade   │     4 de julho de 2012   │     15:58  │  0

Vai ao ar hoje em Avenida Brasil, a cena em que o ator Claudio Cunha , que faz o papel do olheiro Tavinho, diz para Diogenes que não vai contratar o Roni porque ele é gay.

Nas cenas gravadas semana passada, Claudio Cunha que na vida real é um dos sócios do time de futebol de artistas Planet Globe l, deu uma de “olheiro” de verdade e gostou muito das cenas de Daniel Rocha jogando bola e acabou contratando o ator para o time de verdade. Daniel Rocha estreou domingo passado jogando na cidade de Rio Claro.

Cena

Enquanto os jogadores comemoram a vitória do Divino com o gol feito por Roni (Daniel Rocha), Diógenes (Otávio Augusto) vai conversar com o olheiro sobre o interesse de um time grande em contratar seu filho. Sem graça, o olheiro diz que Roni não se enquadra no perfil de um time familiar. “Teu filho não anda com mulher. Time nenhum vai querer ter um gay no vestiário com outros homens!”, alega o olheiro.

Possesso, Diógenes parte para cima do homem e bate nele! E agora, como Roni vai ficar? Será que ele é? Fique ligado! Esta cena vai ao ar na terça-feira, 3 de julho.

A partir daí, Roni decide pedir a mão de Suelen (Ísis Valverde) em casamento para se livrar da fama de gay e agradar ao pai. A periguete, nada boba, aceita o pedido.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *