Avon retira de seu catálogo livros de “pastor homofóbico”
   Blog Diversidade   │     20 de junho de 2012   │     1:00  │  2

No início do mês de Abril, entidades e ativistas LGBT independentes, reunidos em um  grupo na rede social faceboog, iniciaram um abaixa-assinado para que a Avon deixasse de revender qualquer livro da Editora Central Gospel, cujo dono é o pastor Silas Malafaia, que se auto-intitula aparentemente com muito orgulho do título de inimigo público número um do movimento LGBT brasileiro.

Em meados do segundo semestre de 2011 já havia notícias da compra de um lote de 400 mil livros da Editora Central Gospel por parte da Avon. Ativistas LGBTs iniciaram uma manifestação mista, após constatarem pessoalmente que tais livros realmente estavam sendo comercializados nos catálogos da empresa, paralelamente ao lançamento, pela Editora Central Gospel, de um livro explicitamente homofóbico e sem base científica alguma, denominado “A Estratégia: Os planos dos homossexuais para transformar a sociedade”, cujo autor, um pastor norte-americano, envolvia-se com esquemas de corrupção ao mesmo tempo em que fazia sua cruzada contra os direitos LGBTs.

Os protestos contra a revenda de tais livros pela Avon se espalharam pelas redes sociais na medida em que as respostas individuais dadas pela empresa via e-mail aos ativistas LGBT eram padronizadas e insatisfatórias, o que levou a Avon a emitir uma nota no seu facebook e twitter sobre o “respeito a diversidade” da empresa, informando que a empresa estava avaliando as ponderações recebidas e buscando a melhor solução para seguir atendendo nossos consumidores com base em nossos valores.

Enquanto tal avaliação era realizada e a solução não era apresentada, o protesto ganhava adesão internacional e repercussão na imprensa mundial, com direito a uma brilhante resposta do editorial da revista Carta Capital aos ataques infundados do Pastor Silas Malafaia enviados diretamente à revista.

Após toda essa organização, manifestação e repercussão, a Avon divulgou  dia 13/06/12 o seu novo folheto “Moda e Casa” – Campanha 12/2012 – e, ao verificar a seção “Livraria”, nota-se que não há mais nenhum livro da Editora Central Gospel sendo revendido nesta atual campanha, como era revendido até a campanha anterior.

Ações como esta e outras em prol do combate a homofobia se faz necessário, primeiro conseguimos que a Pen Pall deixasse de financiar nosso arqui-inimigo Júlio Severo, que fugiu do Brasil para escapar do Ministério Público por homofobia. Agora “Avon retira livros da editora…ora de Silas Malafaia do seu novo catálogo”, pois é estarrecedor e angustiante ouvirmos todos os dias que moramos em um país democrático, olhamos para os lados e nos depararmos a cada dias com grandes empresários financiando a exclusão social, e fazendo apologia o massacre de pessoas, sempre fundamentados em religiões e crenças que só acabam somando com a intolerância.

Ao mesmo tempo o mapa-múndi dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros (LGBT), o Brasil ocupa posição de destaque positivo, o Relatório da Associação Internacional de Lésbicas e Gays (Ilga, na sigla em inglês) “pinta” o território nacional com as mesmas cores daqueles países que mais respeitam os gays, agora quem puder me faça entender, por que se mata e se exclui tanto ao mesmo tempo, “macacos me mordam”.

 

>Link  

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. ALBERICO DOS SANTOS

    EU RESPEITO A TODOS AS PESSOAS SOBRE SUA OPÇAO SEXUAL TENHO ATE AMIGOS QUE SAO HOMOSSEXAIS E LESBICAS MAS ASSIM O FATO DE NAO CONCORDA NAO QUER DIZER QUE TO SENDO HOMOFOBICO ESPERO QUE FIKE BEM CLARO RESPEITO A TODOS AS RAÇAS CRENÇAS, E OPÇAO SEXUAL CADA UM VIVA AS SUA VIDA DA MELHOR FORMA RESPEITANDO OS DIREITOS DOS OUTROS

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *